Grosjean aceita convite de Wolff para teste de despedida da F1 com Mercedes: "Ele pode esperar minha ligação"

Desde o acidente, Grosjean expressa o desejo de que o GP do Bahrein não seja seu último capítulo com a F1

Grosjean aceita convite de Wolff para teste de despedida da F1 com Mercedes: "Ele pode esperar minha ligação"

Romain Grosjean está a caminho da Indy para a temporada 2021, mas o francês ainda não encerrou completamente sua história na Fórmula 1. O piloto sempre deixou claro que gostaria de um teste final com um F1 para que o grave acidente no Bahrein não fosse o último capítulo de sua trajetória na categoria. E Grosjean deve aceitar um convite feito por Toto Wolff ainda no ano passado, que abriu a possibilidade dele fazer esse teste com a Mercedes.

Devido à gravidade de seu acidente e o tempo necessário para a recuperação, Grosjean perdeu as duas últimas etapas do ano, os GPs do Sakhir e de Abu Dhabi, sendo substituído em ambas as ocasiões pelo brasileiro Pietro Fittipaldi.

Leia também:

Quando foi confirmado que ele não correria em Yas Marina, sua última corrida pela Haas e na F1, Grosjean expressou o desejo de participar de um teste com um carro de F1 para que sua última experiência na categoria não fosse o acidente.

A Haas disse que não tinha condições de oferecer o teste por falta de motores antigos para colocar no carro, seguindo a restrição imposta pelo regulamento da categoria. Mas Gunther Steiner afirmou que pediria para a Ferrari viabilizar o teste.

Já Toto Wolff deixou as portas abertas para a possibilidade de colocar o francês em uma Mercedes para sua despedida oficial da F1. E na coletiva de seu anúncio da Dale Coyne, Grosjean afirmou que vai conversar com Wolff sobre o teste.

"É uma oferta irrecusável. Agora eles estão trabalhando e aperfeiçoando o novo carro para a temporada, então não ligarei para Toto por enquanto. Mas ele pode esperar minha ligação e um pedido para esse teste".

Mas o teste pode não ser a única porta para o francês voltar à F1. Na coletiva, ele afirmou ainda que não descarta a possibilidade de retornar ao Mundial na condição de piloto substituto. Seu agora ex-chefe, Gunther Steiner, disse que, caso necessário, pode chamar Grosjean e Magnussen para substituir Mazepin e Schumacher.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1 na BAND? O que esperar da COBERTURA da categoria na possível VOLTA à emissora:

PODCAST: Bottas reagirá na Mercedes? Como compará-lo a Barrichello, Webber e cia?

 

compartilhar
comentários
F1: Binotto torce para que Sainz conquiste pódios em 2021 com a Ferrari

Artigo anterior

F1: Binotto torce para que Sainz conquiste pódios em 2021 com a Ferrari

Próximo artigo

Ferrari espera colocar Ilott em alguns treinos livres ao longo de 2021

Ferrari espera colocar Ilott em alguns treinos livres ao longo de 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com