Grosjean aceita convite de Wolff para teste de despedida da F1 com Mercedes: "Ele pode esperar minha ligação"

Desde o acidente, Grosjean expressa o desejo de que o GP do Bahrein não seja seu último capítulo com a F1

Grosjean aceita convite de Wolff para teste de despedida da F1 com Mercedes: "Ele pode esperar minha ligação"

Romain Grosjean está a caminho da Indy para a temporada 2021, mas o francês ainda não encerrou completamente sua história na Fórmula 1. O piloto sempre deixou claro que gostaria de um teste final com um F1 para que o grave acidente no Bahrein não fosse o último capítulo de sua trajetória na categoria. E Grosjean deve aceitar um convite feito por Toto Wolff ainda no ano passado, que abriu a possibilidade dele fazer esse teste com a Mercedes.

Devido à gravidade de seu acidente e o tempo necessário para a recuperação, Grosjean perdeu as duas últimas etapas do ano, os GPs do Sakhir e de Abu Dhabi, sendo substituído em ambas as ocasiões pelo brasileiro Pietro Fittipaldi.

Leia também:

Quando foi confirmado que ele não correria em Yas Marina, sua última corrida pela Haas e na F1, Grosjean expressou o desejo de participar de um teste com um carro de F1 para que sua última experiência na categoria não fosse o acidente.

A Haas disse que não tinha condições de oferecer o teste por falta de motores antigos para colocar no carro, seguindo a restrição imposta pelo regulamento da categoria. Mas Gunther Steiner afirmou que pediria para a Ferrari viabilizar o teste.

Já Toto Wolff deixou as portas abertas para a possibilidade de colocar o francês em uma Mercedes para sua despedida oficial da F1. E na coletiva de seu anúncio da Dale Coyne, Grosjean afirmou que vai conversar com Wolff sobre o teste.

"É uma oferta irrecusável. Agora eles estão trabalhando e aperfeiçoando o novo carro para a temporada, então não ligarei para Toto por enquanto. Mas ele pode esperar minha ligação e um pedido para esse teste".

Mas o teste pode não ser a única porta para o francês voltar à F1. Na coletiva, ele afirmou ainda que não descarta a possibilidade de retornar ao Mundial na condição de piloto substituto. Seu agora ex-chefe, Gunther Steiner, disse que, caso necessário, pode chamar Grosjean e Magnussen para substituir Mazepin e Schumacher.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1 na BAND? O que esperar da COBERTURA da categoria na possível VOLTA à emissora:

PODCAST: Bottas reagirá na Mercedes? Como compará-lo a Barrichello, Webber e cia?

 

compartilhar
comentários
F1: Binotto torce para que Sainz conquiste pódios em 2021 com a Ferrari
Artigo anterior

F1: Binotto torce para que Sainz conquiste pódios em 2021 com a Ferrari

Próximo artigo

Ferrari espera colocar Ilott em alguns treinos livres ao longo de 2021

Ferrari espera colocar Ilott em alguns treinos livres ao longo de 2021
Carregar comentários