Fórmula 1
03 jul
-
05 jul
Evento encerrado
10 jul
-
12 jul
Evento encerrado
R
GP da Hungria
17 jul
-
19 jul
Próximo evento em
1 dia
31 jul
-
02 ago
Próximo evento em
15 dias
R
GP de 70º aniversário
07 ago
-
09 ago
Próximo evento em
22 dias
28 ago
-
30 ago
Próximo evento em
43 dias
04 set
-
06 set
Próximo evento em
50 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
25 set
-
27 set
Próximo evento em
71 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
-
25 out
Próximo evento em
99 dias
R
GP do México
30 out
-
01 nov
Próximo evento em
106 dias
13 nov
-
15 nov
Próximo evento em
120 dias
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
134 dias

Há 46 anos, Lauda vencia a 1ª na F1; relembre os carros da lenda

compartilhar
comentários
Há 46 anos, Lauda vencia a 1ª na F1; relembre os carros da lenda
28 de abr de 2020 11:10

Primeiro dos 25 triunfos de gloriosa carreira do austríaco acontecia há exatamente 46 anos

Niki Lauda é um dos maiores expoentes da Fórmula 1. Sua morte, ocorrida em maio do ano passado, representou uma grande perda não só para familiares, mas também para amigos e uma legião de fãs. 

Como piloto, Lauda completou 171 corridas em 13 anos de F1, com 25 vitórias, 54 pódios e 24 poles, além do tricampeonato (1975, 1977 e 1984). Os números impressionam, mas sua carreira teve momentos dramáticos, o que colocou o austríaco com o status de lenda. Mas tudo tem um começo, como sua primeira vitória, que completa 46 anos nesta terça-feira.

Leia também:

A temporada de 1974 da F1 parecia ter um cenário emocionante, com o GP da Espanha – a quarta etapa daquele campeonato – com três vencedores diferentes e tendo James Hunt como vencedor do International Trophy em Silverstone, prova que não valia pontos para a F1.

Em sua terceira temporada completa na F1, Lauda havia conquistado a primeira pole em Kyalami, na África do Sul, mas acabou abandonando por problemas mecânicos. Em Jarama, a posição de largada se repetiu, mas o triunfo - com direito a dobradinha da Ferrari - não foi tão fácil como se imagina.

GALERIA: Relembre todos os carros de Niki Lauda na F1

Galeria
Lista

1971, March 711

1971, March 711
1/31

Foto de: Divulgacao

Foi com esse carro que Lauda estreou na Fórmula 1 no GP de seu país em 1971

1971, March 711

1971, March 711
2/31

Foto de: Divulgacao

Lauda disputou apenas a corrida da Áustria em 1971

1972, March 721

1972, March 721
3/31

Foto de: LAT Images

Na temporada seguinte, Lauda (à frente) fez sua primeira temporada completa a bordo do March 721

1973, BRM P160

1973, BRM P160
4/31

Foto de: LAT Images

Em sua segunda temporada completa na Fórmula 1, Lauda correu pela BRM e impressionou a ponto de chamar a atenção de Enzo Ferrari

1974, Ferrari 312B3

1974, Ferrari 312B3
5/31

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Tanto que, em 1974, o austríaco foi contratado pelo time de Maranello

1974, Ferrari 312B3

1974, Ferrari 312B3
6/31

Foto de: LAT Images

Em seu primeiro ano em uma equipe de ponta, Lauda teve o suiço Clay Regazzoni como companheiro

1974, Ferrari 312B3

1974, Ferrari 312B3
7/31

Foto de: LAT Images

Aquele ano marcou a primeira vitória do austríaco, no GP da Espanha

1974, Ferrari 312B3

1974, Ferrari 312B3
8/31

Foto de: LAT Images

Lauda terminou a temporada em quarto. O brasileiro Emerson Fittipaldi foi o campeão, conquistando, com a McLaren, seu segundo título

1975, Ferrari 312T

1975, Ferrari 312T
9/31

Foto de: LAT Images

Em 1975, porém, Lauda "destronaria" Fittipaldi. A bordo do novo carro da Ferrari, o austríaco brilhou

1975, Ferrari 312T

1975, Ferrari 312T
10/31

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Com mais um ano de muita consistência e velocidade, Lauda voou para conquistar o primeiro de seus três títulos mundiais

1975, Ferrari 312T

1975, Ferrari 312T
11/31

Foto de: LAT Images

Lauda foi campeão com 64,5 pontos. Fittipaldi foi vice com 45

1976, Ferrari 312 T2

1976, Ferrari 312 T2
12/31

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Depois de conquistar seu primeiro título, o austríaco chegou à temporada seguinte com vontade de defender sua posição

1976, Ferrari 312 T2

1976, Ferrari 312 T2
13/31

Foto de: LAT Images

O ano de 1976 começou bem, com grande confiabilidade do carro da Ferrari, melhor que a concorrente McLaren

1976, Ferrari 312 T2

1976, Ferrari 312 T2
14/31

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Ao longo da temporada, porém, o carro da equipe britânica melhorou e James Hunt se colocou como rival de Lauda na busca pelo título

Niki Lauda, Ferrari, e James Hunt, McLaren

Niki Lauda, Ferrari, e James Hunt, McLaren
15/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Os dois construíram uma grande rivalidade, mas eram amigos. A relação de ambos é retratada no filme "Rush"

Niki Lauda, Ferrari, e James Hunt, McLaren

Niki Lauda, Ferrari, e James Hunt, McLaren
16/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

No fim das contas, Hunt aproveitou a ausência de Lauda em algumas etapas por conta do acidente do austríaco em Nurburgring para somar pontos importantes e chegar à etapa final, em Fuji, com condições de vencer. Lauda acabou desistindo da corrida chuvosa em função das condições perigosas e Hunt chegou em terceiro para faturar seu primeiro e único título

1977, Ferrari 312T2

1977, Ferrari 312T2
17/31

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Na temporada seguinte, Lauda veio com fome para retomar o título

Niki Lauda, Ferrari 312T2

Niki Lauda, Ferrari 312T2
18/31

Foto de: LAT Images

Dito e feito: o austríaco retomou a coroa em sua segunda, superando de vez as sequelas psicológicas do grave acidente do ano anterior

1978, Brabham BT45C

1978, Brabham BT45C
19/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Em 1978, Lauda foi para a Brabham

1978, Brabham BT46

1978, Brabham BT46
20/31

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

A equipe era comandada por Bernie Ecclestone

1978, Brabham BT46B Alfa Romeo

1978, Brabham BT46B Alfa Romeo
21/31

Foto de: LAT Images

O motivo da saída para a Ferrari foi a procura da equipe italiana pelo argentino Carlos Reutemann após o acidente de Lauda em 1976

1978, Brabham BT46B

1978, Brabham BT46B
22/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Um dos carros da Brabham em 78 chamava a atenção por sua traseira

1979, Brabahm BT48

1979, Brabahm BT48
23/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

No ano seguinte, a equipe seguiu sem condições de levar Lauda à disputa pelo título

1979, Brabham BT48

1979, Brabham BT48
24/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Foi nessa época que o austríaco começou a intensificar seus empreendimentos em sua companhia aérea

1979, Brabham BT48 Alfa Romeo

1979, Brabham BT48 Alfa Romeo
25/31

Foto de: LAT Images

No fim daquela temporada, Lauda deixaria a F1 para tocar seus negócios

1982, McLaren MP4

1982, McLaren MP4
26/31

Foto de: Jean-Philippe Legrand

Após dois anos afastado da categoria, Lauda foi persuadido por Ron Dennis a retornar, desta vez pela McLaren. Lauda foi quinto em sua primeira temporada após o retorno à F1

1983, McLaren MP4B

1983, McLaren MP4B
27/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

O terceiro título acabou não vindo no ano seguinte, em 1983, mas estava próximo

1984, McLaren MP4\2

1984, McLaren MP4\2
28/31

Foto de: LAT Images

Na temporada 1984, Lauda finalmente conquistou seu terceiro e último título mundial

1984, McLaren MP4/2

1984, McLaren MP4/2
29/31

Foto de: LAT Images

Em batalha com o novo companheiro Alain Prost, o veterano de 35 anos levou a melhor por apenas meio ponto: 72 a 71,5

1985, McLaren MP4/2B

1985, McLaren MP4/2B
30/31

Foto de: LAT Images

1985 começou com uma série de abandonos de Lauda, o que complicou a temporada do tricampeão - e a relação com Ron Dennis

Alain Prost e Niki Lauda, McLaren MP4/2B

Alain Prost e Niki Lauda, McLaren MP4/2B
31/31

Foto de: LAT Images

O austríaco ainda conquistou sua 25ª e última vitória na F1, no GP da Holanda, em Zandvoort. Prost (à frente) chegaria ao primeiro de seus quatro títulos naquele ano

A chuva quis ser protagonista na prova e o austríaco perdeu a ponta para Ronnie Peterson. Mas a Ferrari tinha a estratégia correta e Lauda conseguiu voltar ao comando da prova após pit stop, já com a pista secando.

Seu ritmo e de seu companheiro, Clay Regazzoni, eram tão melhores que o terceiro colocado, Emerson Fittipaldi, terminou a prova uma volta atrás do austríaco.

Lauda saiu da Espanha como vice-líder do campeonato, 16 a 15 para Regazzoni, em um campeonato que marcaria o bi de Fittipaldi mais tarde. O piloto da Ferrari sentiria o gostinho da vitória mais uma vez naquele ano, em Zandvoort.

Confira imagens do GP da Espanha de 1974

Galeria
Lista

Niki Lauda and Clay Regazzoni, Ferrari celebrate

Niki Lauda and Clay Regazzoni, Ferrari celebrate
1/8

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Tom Belso, Williams FW02 Ford

Tom Belso, Williams FW02 Ford
2/8

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Teddy Mayer talks to Emerson Fittipaldi, McLaren M23 Ford

Teddy Mayer talks to Emerson Fittipaldi, McLaren M23 Ford
3/8

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Lovely girls in the paddock

Lovely girls in the paddock
4/8

Foto de: LAT Images

Jacky Ickx, Lotus 76 Ford

Jacky Ickx, Lotus 76 Ford
5/8

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Jacky Ickx, Lotus 76 Ford

Jacky Ickx, Lotus 76 Ford
6/8

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Jacky Ickx, Lotus 76 Ford

Jacky Ickx, Lotus 76 Ford
7/8

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Frank Williams talks to Arturo Merzario, Williams FW03

Frank Williams talks to Arturo Merzario, Williams FW03
8/8

Foto de: LAT Images

Top-5 corridas mais geniais de pilotos na F1, por Felipe Motta

PODCAST Motorsport.com: Quais pilotos brasileiros não tiveram sorte na F1?

 

Próximo artigo
Barcelona propõe à F1 corrida com portões fechados e sem pagamento de taxa

Artigo anterior

Barcelona propõe à F1 corrida com portões fechados e sem pagamento de taxa

Próximo artigo

Gasly: Temporada 2019 "não mudou meu relacionamento" com Red Bull

Gasly: Temporada 2019 "não mudou meu relacionamento" com Red Bull
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1