Fórmula 1
27 jun
-
30 jun
Evento encerrado
11 jul
-
14 jul
Evento encerrado
25 jul
-
28 jul
Evento encerrado
01 ago
-
04 ago
Evento encerrado
R
GP da Bélgica
29 ago
-
01 set
Próximo evento em
4 dias
05 set
-
08 set
Próximo evento em
11 dias
R
GP de Singapura
19 set
-
22 set
26 set
-
29 set
Próximo evento em
32 dias
10 out
-
13 out
Próximo evento em
46 dias
24 out
-
27 out
Próximo evento em
60 dias
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
67 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
95 dias

F1: Hamilton escolheu não bloquear Bottas em luta pela liderança

compartilhar
comentários
F1: Hamilton escolheu não bloquear Bottas em luta pela liderança
Por:
15 de jul de 2019 14:56

Britânico diz que disputa com companheiro demanda mais cuidado do que com rivais de outras equipes

Lewis Hamiton disse que decidiu não bloquear Valtteri Bottas quando eles estavam disputando a liderança do GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1. Segundo o pentacampeão, “não teria sido a coisa certa a se fazer”.

Leia também:

O britânico da Mercedes conseguiu passar o companheiro na quarta volta, mas o finlandês conseguiu recuperar a liderança logo em seguida. Hamilton disse que se estivesse disputando com alguém de outro time, teria assumido riscos maiores.

“Não é segredo que Valtteri quer me superar e que eu quero superá-lo”, disse Hamilton. “E este espírito de luta é mais forte do que qualquer coisa para nós dois. Mas acho que é muito importante ter respeito”.

“Eu sei o quão difícil é conseguir a pole aqui. Ele fez um trabalho fantástico na classificação e sei o quanto é difícil levantar da cama e entregar o máximo todo fim de semana, como outros pilotos também fazem, então existe respeito entre nós. Penso que nós queremos disputar duramente, roda a roda, mas quando você está lutando com um companheiro, está em outro nível”.

“Se estivesse disputando com uma Ferrari, assumiria mais riscos. Ainda faria isso respeitosamente, mas deixaria menos espaço para eles”, disse o britânico. “Já como companheiros, nós conversamos sobre a primeira curva e sobre como vamos respeitar um ao outro, garantindo que não batamos”, continuou Hamilton.

“Mesmo quando eu o ultrapassei e ele estava revidando, eu poderia ter espalhado na frente e bloqueado o ataque, mas essa não seria a coisa certa a fazer. No fim das contas, isso permitiu que ele me passasse de volta, mas o automobilismo é isso. Foi realmente justo e fantástico”.

Hamilton disse que sua agressividade logo no começo da corrida pegou Bottas de surpresa: “Supostamente eu começaria a corrida poupando os pneus, mas eu o pressionei desde o começo, o que foi uma surpresa para todos. Valtteri definitivamente não esperava por isso. Em ritmo de corrida, os pneus de todos estavam se degradando maciçamente, mas eu tive a melhor simulação na sexta”.

“Eu tinha certeza de que todos veriam meus dados e notariam o quanto eu preservei os pneus e tentariam fazer o mesmo, então depois da largada eu fiz exatamente o oposto. Simplesmente fui com tudo e arrisquei a ultrapassagem. Nós tivemos uma grande batalha, foi impressionante. Eu espero que tenhamos mais dessas”.

Hamilton insistiu que o safety car não lhe deu a vitória, já que sua estratégia era de uma parada única e a de Bottas era para duas trocas, o que acabou lhe favorecendo. “Eu ia fazer apenas uma parada. Quando ele parou na volta 16, meu plano era ficar o máximo que pudesse na pista".

"Eu acho que eu fiz quatro voltas ou algo assim, e poderia ter feito mais uma ou duas. Naquele momento ele não estava se aproximando. Ele deveria ter feito isso, mas não conseguiu, e no geral eu estava mantendo a diferença. O safety car não fez diferença. Além disso, se estivesse atrás dele eu tentaria ultrapassá-lo, mas revendo tudo que aconteceu, eu não precisei”.

Veja galeria com o resultado completo do GP da Grã-Bretanha de F1:

Galeria
Lista

1 - Lewis Hamilton

1 - Lewis Hamilton
1/20

Foto de: Glenn Dunbar / LAT Images

2 - Valtteri Bottas

2 - Valtteri Bottas
2/20

Foto de: Mark Sutton / Sutton Images

3 - Charles Leclerc

3 - Charles Leclerc
3/20

Foto de: Mark Sutton / Sutton Images

4 - Pierre Gasly

4 - Pierre Gasly
4/20

Foto de: Gareth Harford / Sutton Images

5 - Max Verstappen

5 - Max Verstappen
5/20

Foto de: Andrew Hone / LAT Images

6 - Carlos Sainz Jr.

6 - Carlos Sainz Jr.
6/20

Foto de: Gareth Harford / Sutton Images

7 - Daniel Ricciardo

7 - Daniel Ricciardo
7/20

Foto de: Jerry Andre / Sutton Images

8 - Kimi Raikkonen

8 - Kimi Raikkonen
8/20

Foto de: Andy Hone / LAT Images

9 - Daniil Kvyat

9 - Daniil Kvyat
9/20

Foto de: Andy Hone / LAT Images

10 - Nico Hulkenberg

10 - Nico Hulkenberg
10/20

Foto de: Dom Romney / LAT Images

11 - Lando Norris

11 - Lando Norris
11/20

Foto de: Zak Mauger / LAT Images

12 - Alexander Albon

12 - Alexander Albon
12/20

Foto de: Gareth Harford / Sutton Images

13 - Lance Stroll

13 - Lance Stroll
13/20

Foto de: Glenn Dunbar / LAT Images

14 - George Russell

14 - George Russell
14/20

Foto de: Dom Romney / LAT Images

15 - Robert Kubica

15 - Robert Kubica
15/20

Foto de: Glenn Dunbar / LAT Images

16 - Sebastian Vettel

16 - Sebastian Vettel
16/20

Foto de: Jerry Andre / Sutton Images

17 - Sergio Perez

17 - Sergio Perez
17/20

Foto de: Zak Mauger / LAT Images

Antonio Giovinazzi - Abandonou

Antonio Giovinazzi - Abandonou
18/20

Foto de: Glenn Dunbar / LAT Images

Romain Grosjean - Abandonou

Romain Grosjean - Abandonou
19/20

Foto de: Gareth Harford / Sutton Images

Kevin Magnussen - Abandonou

Kevin Magnussen - Abandonou
20/20

Foto de: Andrew Hone / LAT Images

Próximo artigo
Chefe da Haas: Batida entre Grosjean e Magnussen é inaceitável

Artigo anterior

Chefe da Haas: Batida entre Grosjean e Magnussen é inaceitável

Próximo artigo

Hamilton vira "Rei de Silverstone" e supera marca de Schumacher

Hamilton vira "Rei de Silverstone" e supera marca de Schumacher
Carregar comentários