Hamilton diz que Mercedes melhorou "da noite para o dia"

compartilhar
comentários
Hamilton diz que Mercedes melhorou "da noite para o dia"
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho

Lewis Hamilton, mais veloz nos dois primeiros treinos livres para o GP da Austrália, afirma que carro mudou signigicativamente em termos de sensação se comparado aos testes de pré-temporada

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Sparks fly from the rear of Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08

Lewis Hamilton foi o mais rápido do primeiro dia de atividades do GP da Austrália. O britânico terminou com mais de 0s5 de vantagem nas duas sessões desta sexta-feira (24) - na primeira, sobre Valtteri Bottas; na segunda, sobre Sebastian Vettel.

Após os testes de pré-temporada, nos quais a Ferrari foi a mais veloz, Hamilton disse que a Mercedes ainda não havia se acertado com o W08 e Bottas reconheceu que o time tinha trabalho duro pela frente para extrair o máximo do carro prateado.

Ao final dos dois treinos livres, Hamilton reconheceu que o carro melhorou significativamente e que o desempenho apresentado "foi um alívio para todos" na Mercedes.

“Antes de iniciar os treinos aqui, não sabíamos como seria. O carro mudou da noite para o dia se comparado ao último dia de testes", afirmou.

“O carro se comportou bem e em todas as minhas saídas para a pista eu consegui obter informações importantes sore os pneus e carga de combustível, o que nos coloca em uma boa posição para amanhã", acrescentou.

“Durante os testes, houve aspectos com os quais sofremos e as coisas estavam longe de serem perfeitas no carro. Entretanto, tudo funcionou da melhor forma aqui, o que é ótimo. É gratificante e, para ser honesto, surpreendente", reconheceu.

Apesar do bom início, Hamilton admite que seria tolice descartar a Ferrari. O britânico, porém, vê a Mercedes à frente da Red Bull.

“Vejo a Ferrari muito rápida e forte, bem mais forte do que eles vinham sendo. Então precisamos ficar de olho neles. Eles podem ter escondido o jogo, só saberemos amanhã."

“A Red Bull deu um passo à frente neste final de semana, mas parece que estamos tão fortes ou um pouco mais fortes do que eles", completou.

Após quebra, Massa admite: “Não foi o dia que esperávamos”

Artigo anterior

Após quebra, Massa admite: “Não foi o dia que esperávamos”

Próximo artigo

Haas retira asa 'T' após ver flexibilidade excessiva

Haas retira asa 'T' após ver flexibilidade excessiva
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Localização Melbourne Grand Prix Circuit
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Autor Scott Mitchell