Fórmula 1
25 set
Corrida em
17 Horas
:
16 Minutos
:
38 Segundos
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
26 dias
04 dez
Próximo evento em
68 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
75 dias

Hamilton diz que não tem problemas com Albon após nova batida

compartilhar
comentários
Hamilton diz que não tem problemas com Albon após nova batida
Por:

Piloto da Mercedes comentou acidente que lhe custou segunda punição em três corridas com piloto da Red Bull

No GP da Áustria deste domingo, Lewis Hamilton e Alexander Albon bateram após a última relargada, após saída do safety car, quando o tailandês - que tinha pneus mais novos - fez uma ousada manobra de ultrapassagem na parte externa.

O incidente lembrou o da penúltima corrida de 2019 no Brasil, quando Albon também tentou passar nas últimas voltas.

Leia também:

Em ambas as ocasiões, Albon foi jogado para fora e perdeu chance de pódio, e Hamilton recebeu uma punição de cinco segundos. Na Áustria, o campeão mundial caiu do segundo para o quarto lugar.

Hamilton insistiu que as circunstâncias eram diferentes dos casos e, embora aceitasse a responsabilidade no Brasil, achava que o contato do último fim de semana foi um incidente de corrida.

"Bem, primeiro eu tenho um enorme respeito por Alex", disse Hamilton. "Acho que ele é um jovem muito talentoso, e eu não tenho nenhum sentimento ruim por ele.”

"No Brasil, ele me viu indo direto nele. Isso foi para mim, de todo o coração, erro meu e encarei isso com dignidade. Acho que hoje foi, na minha opinião, foi um incidente de corrida.”

"Ele estava com um pneu muito melhor. Entrei na curva comprometido em bloquear - obviamente estava defendendo minha posição. Fiz a curva normalmente, a curva exigia muita frenagem, muito fechada."

"A pista desaparece quando você passa por aquela curva. Muitos saem de frente lá. No entanto, eu não voltei à potência, apenas continuei a diminuir a minha velocidade, e ele pulou, sendo que ele tinha mais controle.”

"E nos tocamos. Acho que é uma pena que batemos e eu nunca iria querer colidir com ninguém."

"Acho que foi uma pena, mas tenho que respeitar a decisão que os comissários acabaram tomando, não há nada que você possa dizer sobre isso."

Hamilton apontou que, em seus comentários iniciais na TV, ele achava que poderia ser o culpado, mas mudou de ideia ao ver o replay.

"Antes de ver o incidente, pedi desculpas a Alex, em uma entrevista. Só porque no calor do momento, você nem sempre tem os pontos de vista de tudo, e eu não queria tirar conclusões precipitadas, e obviamente, fui assistir ao replay e acho que foi um incidente de corrida, como eu disse."

O diretor de corridas da FIA, Michael Masi, disse que os comissários decretaram que o confronto foi um caso claro de alguém que causou uma colisão.

"Pelo que os comissários viram, Alex obviamente teve melhor impulso por fora", disse Masi. "O ponto de contato, pelo que entendi da explicação deles, a frente esquerda de Lewis e a parte traseira direita de Alex, foi o motivo pelo qual eles não consideraram um incidente de corrida.”

"Eles achavam que Alex havia completado a manobra de ultrapassagem. Para eles, não havia mais nada a acrescentar. Foi uma infração de direção bastante simples por causar uma colisão".

GP da Áustria: Regi Leme e Rico Penteado comentam polêmicas e analisam corrida / PÓDIO

PODCAST: Entrevista com Bruno Senna: a trajetória no automobilismo e histórias com tio Ayrton Senna

 

F1: Chefe da Mercedes detona Red Bull por protesto contra Hamilton

Artigo anterior

F1: Chefe da Mercedes detona Red Bull por protesto contra Hamilton

Próximo artigo

Assista à estreia do Reta Final, com participação de Felipe Drugovich

Assista à estreia do Reta Final, com participação de Felipe Drugovich
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton , Alexander Albon
Autor Adam Cooper