Fórmula 1
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Treino Livre 1 em andamento . . .
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
12 dias

Hamilton: Racismo não mudará "por muito tempo" no mundo todo

compartilhar
comentários
Hamilton: Racismo não mudará "por muito tempo" no mundo todo
Por:
28 de mar de 2019 15:40

Ele não está otimista quanto à superação do preconceito racial. "Não parece que vai mudar muito nos próximos anos", disse o piloto

Pentacampeão mundial de Fórmula 1 e negro, Lewis Hamilton acredita que o racismo é uma questão "muito importante" e tem dúvidas quanto à superação do preconceito no curto prazo. "No mundo todo, o racismo ainda é um problema, o que é triste de ver. E não parece que vai mudar muito nos próximos anos. É ótimo ver pessoas contra o preconceito, mas parece que não vai mudar por um longo tempo”, disse o piloto da Mercedes.

Hamilton se tornou o primeiro negro a correr na Fórmula 1 em 2007 e é o piloto britânico de maior sucesso na história da categoria máxima do automobilismo mundial. Em 2014, ele admitiu que "tentou ignorar o fato” de que foi o primeiro afrodescendente a competir no esporte quando começou na F1, mas que depois amadureceu para entender as “implicações” da situação.

Agora, o inglês tem mais de 10 milhões de seguidores no Instagram e usa as redes sociais para visibilizar outros problemas globais, como a poluição. Hamilton diz que está tentando usar seu perfil de forma responsável para fazer parte de um processo de conscientização e mudança.

Leia também:


"Obviamente estou numa posição privilegiada, particularmente com as mídias sociais. Vejo coisas o tempo todo, e tem muitas que eu não posto, embora tenha vontade. Você tem que manter um equilíbrio, porque tenho seguidores mais velhos e mais jovens. Então tenho que filtrar o que mostro ou não. Mas ainda há muitas questões delicadas em todo o mundo. E há coisas que posso colocar nas mídias sociais para interagir com as pessoas”.

No início da semana, por exemplo, ele expressou seu apoio aos jogadores negros do time de futebol da Inglaterra que sofreram abusos racistas durante uma partida contra Montenegro pelas eliminatórias da Eurocopa. Questionado sobre o incidente, que levou a uma investigação da UEFA, Hamilton disse: "É louco pensar que o racismo ainda é muito proeminente no mundo todo”.

"As pessoas só precisam se defender mais. Lembro de estar na escola e meio que deixar essas coisas passarem, mas não acho que isso deva acontecer. Medidas devem ser tomadas e as pessoas devem ser muito mais rigorosas com isso”.

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

Próximo artigo
Russell só viu luzes da largada no GP da Austrália através de reflexo

Artigo anterior

Russell só viu luzes da largada no GP da Austrália através de reflexo

Próximo artigo

Sette Câmara responde Massa e diz que pode chegar à F1 sem título grande

Sette Câmara responde Massa e diz que pode chegar à F1 sem título grande
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton Compre Agora
Equipes Mercedes Compre Agora
Autor Scott Mitchell