Fórmula 1
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
5 dias

Massa: Motor atual da F1 é mais agressivo que antigo V8

compartilhar
comentários
Massa: Motor atual da F1 é mais agressivo que antigo V8
Por:
13 de out de 2018 14:00

Convidado para fazer demonstração com dois antigos carros da Ferrari durante GP do Japão, brasileiro se impressionou com unidade de potência atual

Felipe Massa, Ferrari at Legends F1 30th Anniversary Lap Demonstration
Felipe Massa, Ferrari at Legends F1 30th Anniversary Lap Demonstration
Felipe Massa, Ferrari at Legends F1 30th Anniversary Lap Demonstration
Felipe Massa, Ferrari at Legends F1 30th Anniversary Lap Demonstration
Felipe Massa at Legends F1 30th Anniversary Lap Demonstration

Felipe Massa diz que os antigos motores V8 da Fórmula 1 não têm a potência e a "agressividade" das atuais unidades híbridas turbo, depois de dirigir alguns de seus antigos carros da Ferrari no último final de semana.

O brasileiro foi convidado para o GP do Japão para participar de uma demonstração histórica, dando algumas voltas com um F248 de 2006 e um F10 de 2010, ambos equipados com motores V8.

Foi a primeira vez que Massa pilotou um carro de F1 desde que se aposentou da categoria no final da temporada passada, e ele diz que, embora preferisse os carros mais leves aos atuais, os motores antigos não eram tão impressionantes.

"É uma grande diferença no carro. Eu diria que gosto muito mais do carro velho porque é bem leve, com a mudança de direção, a reação”, disse Massa ao Motorsport.com.

“Mas o motor, embora seja muito mais divertido porque tem mais ruído, há muito menos potência. Então, o motor que temos agora é muito mais agressivo e mais poderoso do que desse carro antigo”.

Os atuais motores turbo da Fórmula 1 estão entre os mais poderosos da história da F1, e acredita-se que estejam perto dos 1000cv que os motores da década de 1980 conseguiram liberar para as voltas únicas da classificação.

A partir de 2021, com as restrições de fluxo de combustível, a F1 quase certamente quebrará a barreira dos 1000cv.

Embora citando o motor não sendo tão impressionante quanto a versão atual, Massa se divertiu com a experiência de testar seus antigos carros da Ferrari mais uma vez.

"Foi muito divertido", disse. "Foi realmente bom. Bom voltar e realmente lembrar. Também o bom é que eu ainda me encaixo - então eu não tive nenhum problema nessa frente! Então você ainda pode se divertir acelerando o carro. Eu não queria parar.”

“Eu me diverti muito guiando esses carros, sentindo o carro, o motor, e também muita força descendente que você pode sentir também. Foi muito divertido."

Próximo artigo
Chefe da Mercedes diz não interferir em estratégias

Artigo anterior

Chefe da Mercedes diz não interferir em estratégias

Próximo artigo

Toro Rosso: Calendário da F1 não deve ter menos de 20 GPs

Toro Rosso: Calendário da F1 não deve ter menos de 20 GPs
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa Compre Agora
Autor Redação Motorsport