Fórmula 1 GP do Canadá

Massa fala sobre idade de Alonso e dispara: "Talvez eu pudesse ter continuado na F1"

Felipe Massa, ex-piloto de F1, afirma que Fernando Alonso tem muito talento e que a idade é apenas um número, por isso acredita que ainda poderia estar no grid

Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team on the drivers parade

Felipe Massa chegou à Fórmula 1 aos 21 anos e permaneceu na categoria até os 36, quando anunciou sua aposentadoria após a temporada de 2017. Enquanto esteve na categoria, conquistou 11 vitórias, 41 pódios, 16 poles e vice-campeonato em 2008. 

Leia também:

Na grande maioria desses anos, o brasileiro defendeu as cores da Ferrari e, entre outros, dividiu garagem com Fernando Alonso , piloto espanhol que em breve completará 42 anos e que segue em alto nível na categoria mais alta do automobilismo - como podemos ver no seis pódios conquistados nas primeiras oito corridas desta temporada.

Falando sobre isso, Massa disse que a idade é apenas um número e que está convencido de que é a competitividade da Aston Martin que permite que Alonso mostre seu talento agora.

"Alonso já tem uma certa idade, está prestes a completar 42 anos, é o piloto de Fórmula 1 mais experiente da história, é o que mais completou corridas e acho que a idade é apenas um número."

"Ele está fazendo um excelente trabalho , como tem feito ao longo de sua carreira, e o fato de ter um carro competitivo permite que ele mostre o talento que tem como piloto", disse Massa ao gpblog.

Questionado se achava que havia tomado a decisão de deixar a Fórmula 1 cedo demais, o piloto brasileiro se comparou a Alonso com base na idade e disse que poderia ter continuado por mais alguns anos competindo em alto nível na categoria.

"Talvez eu pudesse ter continuado na Fórmula 1 até agora (42 anos). Acho que neste esporte tudo depende da vontade, do trabalho e dos resultados na pista. E os resultados mostram que Alonso pode ficar no grid por mais alguns anos", disse ele.

Felipe Massa deixou a F1 após duas temporadas não muito positivas com a Williams em 2016 e depois em 2017, anos em que a equipe começou sua descida rumo ao fundo da categoria, da qual agora tenta sair com muito trabalho. 

Rico Penteado abre o jogo sobre Michael Schumacher

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se já há como comparar Verstappen e Senna na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: FIA monitora atividades e questiona funcionários para garantir que equipes cumpram teto orçamentário
Próximo artigo F1: Ferrari junta SF-23 com hipercarro vencedor de Le Mans em filmagem; Sainz e Leclerc testam componentes novos

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil