Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

McLaren: F1 deveria considerar liberar pinturas especiais

compartilhar
comentários
McLaren: F1 deveria considerar liberar pinturas especiais
Por:
26 de set de 2018 16:11

CEO do time de Woking diz que pinturas diferentes em corridas excepcionais seriam boas para fãs, times e categoria

A Fórmula 1 deveria ser mais aberta à ideia de permitir que as equipes utilizem pinturas especiais, crê o CEO da McLaren, Zak Brown.

Os atuais acordos de direitos comerciais do esporte limitam as equipes a andar com o mesmo esquema de cores em ambos os carros durante toda a temporada.

Em 1999, a BAR tentou ter diferentes patrocinadores de tabaco em seus dois carros, mas foi impedida de fazer isso e andou com uma pintura de dois lados e um zíper no meio.

Falando no Fórum de Negócios dos Líderes do Esporte a Motor em Londres nesta quarta-feira, Brown disse que repensar das regras de pintura seria benéfico.

Perguntado sobre a ideia de equipes livres para correr com cores à vontade, Brown disse: "eu acho que o que você poderia ver, e o que eu apoiaria - e que não é permitido atualmente – seria mudar esquemas de pintura ao longo do ano, o que IndyCar e NASCAR fazem.”

"Eu ainda acho que gostaria de ver dois carros iguais, mas se você estivesse indo para Mônaco e tivesse um grande programa com um de seus parceiros, e para esse fim de semana você quisesse pintar o carro com o design da Dell Technologies ou seja qual for o caso, com ambos os carros, você poderia fazer isso.”

"Então os fãs ainda saberiam que é a McLaren, a Ferrari ou quem quer que seja.”

"Eu acho que isso pode ser uma inovação com parcerias na Fórmula 1, que não chegam ao extremo de ver carros diferentes com modelos totalmente diferentes. Eu acho que esses fãs estão mais focados no piloto."

Brown acha que abrir restrições de pintura para que todos os 20 carros sejam diferentes talvez seja um passo longe demais.

"Eu acho que isso não acontece na Fórmula 1, porque cada equipe é reconhecível pela sua farda", acrescentou.

"Eu acho que se você tivesse 20 pinturas diferentes, poderia ficar confuso sobre quem é quem. Enquanto na NASCAR os fãs tendem a ser mais centrados no piloto, eles reconhecem Jimmie Johnson no carro da Lowe’s, enquanto isso reconhecem Fernando Alonso em um McLaren.”

"Então eu acho que o esporte é diferente."

Jenson Button, Anthony Davidson and Takuma Sato with the BAR-Honda 006 in the '555' livery

Jenson Button, Anthony Davidson and Takuma Sato with the BAR-Honda 006 in the '555' livery

Photo by: LAT Images

Próximo artigo
Renault é cética quanto a regulamento para 2019

Artigo anterior

Renault é cética quanto a regulamento para 2019

Próximo artigo

Por tri, Vettel reverteu desvantagem maior que a atual

Por tri, Vettel reverteu desvantagem maior que a atual
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Filip Cleeren