Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
11 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
39 dias

Mercedes: Bottas é “piloto alfa” assim como Hamilton

compartilhar
comentários
Mercedes: Bottas é “piloto alfa” assim como Hamilton
Por:
12 de dez de 2018 13:01

Chefe da equipe defende finlandês após ano complicado em 2018 e elogia bom ambiente na garagem

Toto Wolff, chefe da Mercedes, reiterou o quão importante foi Valtteri Bottas para o título da equipe nesta temporada.

Bottas não conseguiu vencer nenhuma corrida em 2018, enquanto Hamilton conseguiu 11 vitórias para ser pentacampeão mundial.

Wolff defendeu a atuação de Bottas nesta temporada, dado o papel de número dois ao qual ele foi forçado pelas circunstâncias, e declarou: "nós não teríamos vencido o campeonato de pilotos ou o campeonato de construtores sem Valtteri".

"Encontrar o equilíbrio certo entre ter dois pilotos alfa no carro, que são capazes de tirar o máximo um do outro, mas também manter uma dinâmica positiva dentro da equipe, um ambiente de trabalho produtivo, é fundamental", disse Wolff.

“Valtteri, mesmo com sua má sorte, nunca permitiu que o espírito e a mentalidade caíssem dentro da organização. Ele sempre foi capaz de nos manter em alto astral. Você vê os pilotos, quando eles perdem a possibilidade de vencer o campeonato, a coisa toda vai pelo ralo e se torna negativa, e eles se tornam disfuncionais.”

“Valtteri, até o final, nos manteve em um lugar positivo. Ele não se sentiu negativo dentro do grupo e manteve os níveis de energia altos.”

"É por isso que ele contribuiu para ambos os títulos mundiais."

Bottas poderia estar liderando o campeonato após as primeiras quatro corridas, nas quais ele tinha uma pequena vantagem sobre Hamilton, mas o furo de pneu nas ultimas voltas da corrida de Baku foi o início de momentos difíceis em seu ano.

Ele foi atingido por Sebastian Vettel na primeira curva na França, depois se abandonou a corrida seguinte na Áustria depois de largar da pole.

As decisões estratégicas o prejudicaram na Grã-Bretanha e na Hungria, o que o fez entrar nas férias de verão no campeonato – 81 pontos atrás de Hamilton.

Hamilton venceu seis grandes prêmios quando a temporada recomeçou, enquanto Bottas foi a apenas três pódios e terminou o ano com uma série de quartos e quintos lugares.

"Acho que ele se apresentou em um nível mais alto na primeira metade da temporada, e isso se reflete nos pontos", disse Wolff.

“Ele teria liderado o campeonato depois de Baku, mas no momento em que você tira a possibilidade de vencer o campeonato mundial de um piloto tão focado em se tornar campeão mundial, isso tem um impacto negativo. Isso certamente impactou Valtteri, mesmo que ele diga 'não, estou bem', porque ele é um lutador.”

“Tenho certeza que é um grande golpe que você tem que digerir e ele não deixou isso afetar negativamente a equipe.”

"Ele precisa de um tempo para recarregar as baterias e voltar para outro campeonato mundial."

Additional reporting by Yaroslav Zagorets

Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1

Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

Próximo artigo
McLaren anuncia parceria com time de ciclismo

Artigo anterior

McLaren anuncia parceria com time de ciclismo

Próximo artigo

Norris: terei tempo para me desenvolver na McLaren

Norris: terei tempo para me desenvolver na McLaren
Carregar comentários