Fórmula 1
R
GP de Eifel
09 out
Próximo evento em
19 dias
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
33 dias
04 dez
Próximo evento em
75 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
82 dias

Mercedes elege vitória em Singapura como uma de suas maiores

compartilhar
comentários
Mercedes elege vitória em Singapura como uma de suas maiores
Por:

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, descreveu o GP de Singapura de 2018 como uma das maiores vitórias de sua equipe na F1, já que o local se mostrou difícil em algumas oportunidades nos anos recentes.

Esperava-se que o circuito de Marina Bay favorecesse Ferrari e Red Bull, mas isso não impediu Lewis Hamilton de marcar a pole e obter uma vitória convincente.

Wolff destacou que um fim de semana ruim em Spa motivou a equipe a voltar à forma vencedora.

“A sensação é de que foi uma das maiores vitórias, porque era um circuito ruim para nós no passado. E estávamos tão motivados de ir bem aqui”, disse o dirigente.

“E mostramos que podemos também render em Singapura, e chegar aqui e vencer a corrida, com um resultado muito sólido, é um grande feito para todos da equipe.”

“Acho que é preciso traçar seu próprio destino um pouco. E trabalhamos muito duro depois de Spa para entender o carro, e sabíamos que, contra várias vozes, podíamos render bem em Singapura.”

“E chegamos aqui e a classificação foi incrível. A volta foi realmente brilhante, e aí ele [Hamilton] controlou a corrida inteira.”

Wolff disse que não houve um esforço especial da Mercedes focado na performance em Singapura.

“Foi só parte do desenvolvimento que já estava em andamento, tentando entender os pneus e o carro melhor e tentar juntar tudo.”

“Nunca há uma solução mágica. São pequenos passos que são importantes para que o carro renda como rendeu.”

“Há ganhos pequenos que irão determinar o resultado do campeonato, porque, em nível de performance, estamos muito próximos.”

“Então, precisamos continuar acelerando para tentar evitar erros e continuar desenvolvendo o carro.”

Wolff insistiu que a vantagem de Hamilton, atualmente em 40 pontos, significa pouco, já que há tempo de sobra para que Vettel consiga a virada.

“Seja 40 pontos ou zero, não faz diferença para nós. Você pode ver, como na Áustria, abandonamos com os dois carros. Isso é muito rápido e perdemos 25 pontos.”

“E temos que olhar fim de semana após fim de semana e tentar render ao máximo. Só é ganho quando for ganho.”

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+

Photo by: Lionel Ng / Sutton Images

Ocon: Perez se desculpou, mas isso ainda não acabou

Artigo anterior

Ocon: Perez se desculpou, mas isso ainda não acabou

Próximo artigo

Sob nova direção, Pérez e Ocon voltam a se desentender

Sob nova direção, Pérez e Ocon voltam a se desentender
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Autor Adam Cooper