Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Mercedes revela como Bottas foi passado por Verstappen em Mônaco

compartilhar
comentários
Mercedes revela como Bottas foi passado por Verstappen em Mônaco
Por:
30 de mai de 2019 15:00

Pequeno contratempo com uma parafusadeira e toque com Verstappen custaram segunda posição ao finlandês e puseram fim à sequência de dobradinhas da Mercedes

Quando o carro de segurança entrou na pista em Mônaco, a Mercedes planejou uma parada dupla para seus pilotos pois havia margem suficiente para retornarem à frente de Vettel e Verstappen. O diretor de estratégia da Mercedes, James Vowles revelou que ao sair dos pits, Hamilton passou por cima de uma pistola de ar e isso provocou um ligeiro atraso na parada de Bottas, causando a perda das posições.

Leia também:

“Se você puder fazer uma parada quando o carro de segurança está na pista em Mônaco, será o melhor dos mundos”, disse Vowles em um vídeo da equipe. “Desde a volta 11, sabíamos que podíamos levar os pneus ao final da prova. Acreditávamos que os médios também terminariam facilmente, e nossos rivais também sabiam”.

“É por isso que paramos. Quando você entra com um carro de segurança para uma parada dupla, o que é realmente importante é poder criar uma brecha entre os dois carros, para que o primeiro possa ser atendido no pitlane sem atrasar o segundo. Valtteri fez isso perfeitamente na pista. Lewis teve sua parada, saiu e Valtteri teve que passar pelo mesmo”.

“Desafortunadamente, quando Lewis deixou o pitlane, passou sobre uma das parafusadeiras e isso custou alguns segundos à equipe de mecânicos, atrasando Valtteri. Foi apenas isso, mas era a vantagem que precisávamos”.

Bottas perdeu a posição ao sair dos boxes atrás de Verstappen, que recebeu posteriormente uma penalização por saída insegura dos pits. A Mercedes também mostrou uma imagem da roda dianteira direita de Bottas que sofreu dano (veja abaixo) quando o carro do piloto da Red Bull se tocou com o da Mercedes na saída dos boxes, o que provocou uma perda instantânea de pressão, que foi detectada na volta seguinte.

Por isso, Bottas se viu forçado a voltar e colocar pneus novos, perdendo mais uma posição, para Vettel. “Tivemos uma perda de alguns décimos na parada de Valtteri, a Red Bull teve uma parada muito boa, uma das melhores do ano para eles, e esses extremos fizeram com que os carros saíssem juntos. Verstappen se aproximou, tocou o lado esquerdo de Bottas, empurrando-o contra a parede, danificando a dianteira direita. É isso que se pode ver na imagem”.

“Esta imagem é posterior à prova. Ao vivo pudemos ver as pressões nos pneus e demos uma olhada rápida para saber o que estava acontecendo. E depois de algumas curvas, quando Valtteri estava de volta ao ritmo, ficou evidente que tínhamos um problema e que estávamos perdendo pressão”.

“Tivemos que reagir para trazer Valtteri de imediato. Se esperássemos mais, ele teria caído para a última posição. Trouxemos ele de volta aos boxes, colocamos o pneu duro, que era o melhor dos pneus, porém não sabíamos disso naquele momento, e voltamos na quarta posição”.

Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10 damaged wheel

Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10 damaged wheel

Photo by: Mercedes AMG

Próximo artigo
Massa revela como 'desistiu' da aposentadoria na F1 pela 2ª vez e critica Paddy Lowe: 'Esperava mais'

Artigo anterior

Massa revela como 'desistiu' da aposentadoria na F1 pela 2ª vez e critica Paddy Lowe: 'Esperava mais'

Próximo artigo

F1: Chefe da Mercedes acredita que Bottas não perderá confiança

F1: Chefe da Mercedes acredita que Bottas não perderá confiança
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper