Mudança de acerto deu dobradinha a Mercedes, diz diretor

Para Paddy Lowe, mudança de configuração durante bandeira vermelha em Interlagos foi crucial para bom resultado

Mudança de acerto deu dobradinha a Mercedes, diz diretor
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid leads team mate Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid leads team mate Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid on the grid
Podium: race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, second place Nico Rosberg, Mercedes AMG F1
Carregar reprodutor de áudio

Durante a primeira bandeira vermelha do GP do Brasil do último final de semana, as câmeras da FIA focalizaram membros da equipe Mercedes discutindo com o delegado técnico da FIA, Jo Bauer. O time planejava colocar seus carros em configuração total de pista molhada, trocando partes da suspensão.

Isso ajudou Lewis Hamilton e Nico Rosberg a chegarem até o fim da prova sem precisarem trocar os pneus nenhuma vez. No entanto, o diretor técnico da Mercedes, Paddy Lowe, chamou atenção para o fato de não poder colocar no carro nenhuma peça com um peso menor do que as que haviam iniciado a prova.

"O carro foi acertado para o seco", disse Lowe ao Motorsport.com.

"Você tem que ajustar o carro para o seco, porque a menos que você possa prever que uma corrida será inteiramente molhada, é uma grande aposta. O carro é basicamente sempre configurado para o seco.”

"No entanto, como ficou claro no meio da corrida que a chuva não ia parar, nós mudamos para um acerto de pista molhada. Isso nos deu um maior equilíbrio no molhado.”

"Você tem que tomar cuidado nessa situação para não colocar peças que são mais leves, por isso a FIA estava envolvida."

"O ritmo era bom, os pilotos não tiveram dificuldade e o saldo pareceu muito bom na corrida. Nenhum deles errou."

Lowe admitiu que a equipe teve a sorte de que as novas peças não estavam mais leves e, portanto, puderam ser trocadas: "Para ser honesto, é algo que devemos ter um pouco mais de cuidado no futuro. Não é algo que construímos deliberadamente."

As alterações de configuração em bandeira vermelha são relativamente raras durante paralisações, embora, quando ainda estava na McLaren, Lowe esteve envolvido com a famosa vitória de Button no GP do Canadá de 2011.

"Essa foi a situação mais parecida. Uma prova que estava molhada e continuou molhada", disse Lowe. "Mas nessa corrida, a questão foi mais relacionada aos dutos de freio, aquecimento de roda e aquecimento dos pneus.”

"Isso foi o que deu certo, então Jenson conseguiu se recuperar.”

compartilhar
comentários
Ecclestone quer que regras da F1 sejam jogadas fora
Artigo anterior

Ecclestone quer que regras da F1 sejam jogadas fora

Próximo artigo

Ferrari desiste de apelar de punição dada a Vettel no México

Ferrari desiste de apelar de punição dada a Vettel no México