Fórmula 1
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
6 dias

Pirelli apresenta pneus com superfícies brilhantes

compartilhar
comentários
Pirelli apresenta pneus com superfícies brilhantes
Por:
18 de fev de 2019 20:34

Pneus terão nova aparência em 2019, como resultado de um novo método de produção usado para ajudar a se livrar das imperfeições

Superfícies brilhantes nos pneus ficaram evidentes no primeiro dia dos testes de pré-temporada da F1 em Barcelona, ​​na Espanha, nesta segunda-feira, quando os carros de 2019 apareceram pela primeira vez.

A mudança na aparência é uma consequência da mudança da produção da Pirelli, com o uso de um molde cromado, o que foi feito para ajudar a garantir que seus pneus mais macios tenham uma superfície melhor.

Questionado sobre a mudança, o diretor esportivo da Pirelli, Mario Isola, disse: "Estamos usando novos moldes que têm um tratamento cromado. Testamos isso pela primeira vez no ano passado na F2.”

"A razão pela qual nós introduzimos esta tecnologia é porque o hipermacio do ano passado e o C4/C5 [compostos mais macios de 2019], são muito pegajosos e, quando você vulcaniza e cozinha o pneu, fica ruim para o molde em algum momento.”

"Você via pequenas imperfeições devido a essa aderência entre o composto e os moldes. Com os novos moldes, eles estão muito melhores.

"Eles parecem mais bonitos, e em termos de tecnologia, é melhor, mas a especificação é a mesma que usamos nos testes de Abu Dhabi no ano passado."

Isola disse que a superfície brilhante não significa que haveria menos aderência quando os pneus novos foram usados ​​pela primeira vez.

"É algo que não vai mudar nada", disse ele.

"O que pode acontecer é que, se os pilotos se tiverem um novo conjunto de pneus e eles correrem devagar, apenas por causa da curvatura, eles não usam o lado externo, que estará brilhando ainda, mas é isso."

A nova aparência brilhante dos pneus é apenas uma das várias mudanças que a Pirelli realizou para a temporada de 2019.

A Pirelli voltou a ter apenas um pneu intermediário e molhado este ano, em vez de ter duas opções, como havia em 2018.

Um novo composto para o intermediário garante uma melhor gama de trabalho para cobrir todas as condições úmidas, enquanto a nova construção e o composto do molhado seriam mais capazes de resistir à aquaplanagem em condições meteorológicas mais extremas.

Uma ideia de restringir o aquecimento geral dos pneus dianteiros a 80 graus também foi abandonada, com a Pirelli e as equipes concordando em mantê-los a 100 graus.

Isola explicou: "Decidimos manter a temperatura máxima na frente a 100 graus, enquanto a temperatura do pneu traseiro está abaixo dos 80 graus.

"Conversando com as equipes em geral, eles estavam preocupados com possíveis problemas com o aquecimento dos da frente porque a frente é um pouco mais complicada.”

"Com 80 graus para o pneu traseiro, temos a oportunidade de lhes dar uma receita menor em termos de pressão. Comparado ao primeiro teste do ano passado, temos 2 psi a menos nos pneus traseiros."

Os pneus de 2019 da F1 também foram trabalhados para evitar superaquecimentos, como vistas no ano passado, reduzindo o número de bolhas.

Próximo artigo
Haas: Pietro nos ajudará saber quão bom nosso simulador é

Artigo anterior

Haas: Pietro nos ajudará saber quão bom nosso simulador é

Próximo artigo

Renault se preocupa com falta de progresso nas regras para 2021

Renault se preocupa com falta de progresso nas regras para 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble