Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Prost diz que F1 precisa de menos tecnologia e mais engenhosidade

compartilhar
comentários
Prost diz que F1 precisa de menos tecnologia e mais engenhosidade
Por:
8 de abr de 2019 15:55

Tetracampeão mundial de Fórmula 1 e consultor especial da Renault acredita que as corridas precisam se concentrar mais no fator humano

As regras atuais da F1 incluem motores turbo-híbridos V6 que possuem eficiência e potência elétrica impressionantes, mas foram criticados pelo pouco ruído, em comparação aos V8 e V10 das gerações anteriores.

Antes da milésima corrida da história da F1 neste fim de semana, várias de suas principais figuras discutiram a história do campeonato mundial e avaliaram seu futuro para a AUTO, a revista produzida pela FIA.

Leia também:

O tetracampeão, Alain Prost disse: "Estamos em um período em que temos muita tecnologia, muitos dados.”

"Essa tecnologia é fantástica e, para os grandes fabricantes, é muito boa, pois há cada vez mais um elo entre a sociedade e a competição.”

"Tendo isso, se falarmos sobre a direção futura do esporte, então, na minha opinião, devemos ir para uma Fórmula 1 onde há mais engenhosidade, mais surpresas, mais possibilidades estratégicas.”

"Precisamos tornar o esporte mais humano. Precisamos acentuar o lado humano e talvez focar um pouco menos na tecnologia.”

"É claro que precisamos ter essa engenharia extrema, mas acho que precisamos ter mais equilíbrio.”

O lendário engenheiro Mauro Forghieri, que projetou várias Ferraris vencedoras de títulos durante os anos 1960 e 1970, também expressou o desejo de que a F1 se afastasse de certos elementos da tecnologia moderna.

O italiano, agora com 80 anos, disse que ainda assiste à F1 hoje.

"A mudança para o híbrido está correto, mas eu gostaria de mais ultrapassagens reais", disse ele.”

"A única maneira de conseguir isso é se livrar do DRS, que eu detesto, reduzir o downforce aerodinâmico e colocar toda a inovação em uma área que fica dentro da distância entre eixos."

"Dessa forma, haveria menos turbulência e menos obstáculos durante a ultrapassagem. Então eu tiraria muitas das regras relativas a motores, permitindo mais imaginação.”

Alain Prost, Renault signs an autograph for a fan

Alain Prost, Renault signs an autograph for a fan

Photo by: Jerry Andre / Sutton Images

Próximo artigo
Equipes dizem que F1 não tem pneus suficientes para introduzir o Q4

Artigo anterior

Equipes dizem que F1 não tem pneus suficientes para introduzir o Q4

Próximo artigo

Piquet, Alonso, Hamilton e cia: Relembre vencedores dos GPs centenários da Fórmula 1

Piquet, Alonso, Hamilton e cia: Relembre vencedores dos GPs centenários da Fórmula 1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Scott Mitchell