Raikkonen coloca Ferrari na frente no segundo dia de testes

Finlandês superou Lewis Hamilton e Max Verstappen nesta terça-feira em Barcelona

Raikkonen coloca Ferrari na frente no segundo dia de testes
Valtteri Bottas, Mercedes F1 W08
Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR12
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR12
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Kevin Magnussen, Haas VF-17
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10

Usando pneus macios, Kimi Raikkonen estabeleceu o melhor tempo desta terça-feira (28), 1min20s960, no segundo dia dos testes de pré-temporada da F1. O piloto da Ferrari melhorou a marca de Lewis Hamilton feita pela manhã (de 1min20s983), que foi estabelecida com supermacios.

O esforço de Hamilton ainda foi bom o suficiente para terminar o dia em segundo no geral, com Valtteri Bottas assumindo o volante à tarde.

O foco principal do finlandês da Mercedes era completar uma simulação de corrida. Sua melhor volta, 1min22s986, foi boa o suficiente para a sétima posição no ranking.

Combinada, a dupla da Mercedes somou 168 voltas no dia.

Max Verstappen conseguiu levar a Red Bull para o terceiro melhor tempo do dia, 1min22s600, com pneus macios, quatro milésimos à frente de Kevin Magnussen, da Haas, correndo com supermacios.

Em seu segundo dia de testes, Magnussen foi quem mais completou voltas, um total de 119, com Raikkonen sendo o outro piloto a quebrar a barreira dos três dígitos, com 108 giros.

Esteban Ocon ficou em quinto lugar para a Force India com supermacios, à frente da Toro Rosso de Daniil Kvyat, com macios.

Antonio Giovinazzi, que foi o nono mais rápido, também conseguiu registrar 67 voltas no Sauber depois que um problema na unidade de potência pela manhã.

O piloto mais lento do dia foi Stoffel Vandoorne, da McLaren. O belga fez sua primeira exibição na pista à tarde faltando duas horas para o término da sessão, depois que a McLaren substituiu a unidade de potência do MCL32. Seu melhor tempo foi de 1min25s600, definido com macios, 4s640 fora do ritmo.

 PilotoEquipeTempoDif PneuVoltas
1  K. Raikkonen  Ferrari 1:20.960   108
2  L. Hamilton  Mercedes 1:20.983 0.023 66
3  M. Verstappen  Red Bull 1:22.200 1.240 89
4  K. Magnussen  Haas 1:22.204 1.244    118
5  E. Ocon  Force India 1:22.509 1.549   86
6  D. Kvyat   Toro Rosso 1:22.956 1.996    68
7  V. Bottas  Mercedes 1:22.986 2.026  102
8  J. Palmer  Renault 1:24.139 3.179   53
9  A. Giovinazzi  Sauber 1:24.617 3.657     67
10  S. Vandoorne  McLaren 1:25.600 4.640  40
11  L. Stroll  Williams 1:26.040 5.080    12 

 

 

 

 

compartilhar
comentários
FIA adverte equipes sobre design de suspensão

Artigo anterior

FIA adverte equipes sobre design de suspensão

Próximo artigo

GP da Rússia renova com F1 até 2025

GP da Rússia renova com F1 até 2025
Carregar comentários