Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
25 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
39 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
67 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
74 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
88 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
102 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
109 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
144 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
186 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
193 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
207 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
214 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
228 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
242 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
249 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
263 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
277 dias

Red Bull provou que tinha o melhor chassi 2018, diz chefe

compartilhar
comentários
Red Bull provou que tinha o melhor chassi 2018, diz chefe
Por:
22 de dez de 2018 17:49

Christian Horner acredita que seu time teve o melhor chassi em 2018 e diz que isso foi demonstrado em corridas em que a potência do motor era menos significativa

A Red Bull conquistou quatro vitórias neste ano e, pela primeira vez na era híbrida, a equipe de Milton Keynes conseguiu a pole position em uma pista diferente de Mônaco, quando Daniel Ricciardo foi o primeiro lugar na classificação do México.

"Acho que o RB14 foi um carro muito forte", disse Horner ao Motorsport.com. "Acredito que foi o chassi mais forte da temporada.

"Se você equalizar a potência entre as três melhores equipes, acho que você veria que a RBR14 foi um excelente carro."

“Sempre que a unidade de potência não era um fator predominante - vencemos em Mônaco, mesmo com uma falha de MGU-K, ficamos em segundo lugar em Singapura e vencemos no México novamente quando a altitude desempenhou um papel fundamental.”

“Obviamente, temos a tendência de reduzir os níveis de downforce para tentarmos criar as mesmas velocidades máximas, e assim que você tentar reduzir a asa para fazer isso, você introduz outros compromissos no manuseio do carro.”

"Mas quando conseguimos executar a especificação completa, tivemos a primeira fila em Mônaco e no México."

Horner admitiu que a insegurança foi a maior fonte de frustração para a equipe em 2018, com Ricciardo abandonando oito vezes em 21 provas.

"Acho que foi uma temporada agridoce em muitos aspectos", acrescentou. "As vitórias foram extremamente doces, na China, em Mônaco, vencendo nosso GP na Áustria e, claro, no México. Eles foram os pontos altos sem dúvidas.”

"Acho que os pontos baixos foram a quantidade de vezes que o carro não chegou ao final, a quantidade de problemas técnicos que tivemos que suportar e a necessidade de tentar compensar as deficiências de potência absoluta. Essa foi a parte amarga disso.”

"Geralmente tivemos um carro muito forte, e os pilotos, quando puderam, correram fortemente."

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14

Photo by: Simon Galloway / Sutton Images

Próximo artigo
Sainz diz que Alonso poderia andar bem no Dakar

Artigo anterior

Sainz diz que Alonso poderia andar bem no Dakar

Próximo artigo

Russell se diz “pronto para o desafio” ao chegar à F1

Russell se diz “pronto para o desafio” ao chegar à F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing Compre Agora
Autor Adam Cooper