Rio Motorsports confirma que terá direitos de TV da F1 no Brasil

compartilhar
comentários
Rio Motorsports confirma que terá direitos de TV da F1 no Brasil
Por:

Elite do esporte a motor mundial sairá do Grupo Globo e terá uma nova casa na televisão do País em 2021

Conforme informado pelo Motorsport.com, o consórcio Rio Motorsports, que tenta realizar o GP do Brasil no Rio de Janeiro, terá os direitos de transmissão da Fórmula 1 na TV brasileira pelos próximos cinco anos, a partir de 2021. A notícia foi confirmada nesta sexta-feira. O Motorsport.com também apurou que o F1TV Pro, serviço de streaming da categoria máxima do automobilismo mundial, deve ser em português.

No mês passado, o Grupo Globo confirmou que não renovaria os direitos de transmissão após ser a detentora exclusiva desde os anos 1980. Com isso, a Liberty Media, dona da F1, começou a correr atrás de uma nova casa na televisão brasileira.

A estimativa é que a Rio Motorsports tenha um faturamento superior a R$3 bilhões com os cinco anos de contrato, em uma projeção feita com base no rendimento da Rede Globo, de cerca de R$600 milhões por ano.

Apesar de ainda não ter definido para quem repassará os direitos de transmissão, o consórcio já teria entrado em contato com interessados. O Grupo Disney chegou a demonstrar interesse, já que é detentor dos direitos para boa parte dos países do continente americano.

Um fator que pode ter pesado a favor da Rio Motorsports é a sua boa relação com a Liberty Media, além do modelo de negócio, com um valor superior ao proposto pelas demais emissoras e grupos consultados.

“Esse é o primeiro passo de uma parceria de longo prazo com a Fórmula 1. Estamos comprometidos em aumentar a base de fãs no Brasil e em oferecer uma nova experiência de transmissão para os brasileiros que amam o esporte há mais de 40 anos”, declarou JR Pereira, diretor-executivo da Rio Motorsports.

Ian Holmes, diretor de direitos de transmissão da Formula 1: “Estamos ansiosos para trabalhar com a Rio Motorsports como a nova detentora exclusiva dos direitos de transmissão da Fórmula 1 no Brasil, oferecendo ampla cobertura da modalidade em todo país e alcançando milhares de fãs apaixonados e de longa data. Também é uma ótima notícia que, pela primeira vez, a F1 TV Pro estará disponível no Brasil, proporcionando aos nossos fãs acesso ainda maior à ação na pista”.

Rubens Barrichello relembra em detalhes o dia em que Ayrton Senna socou Eddie Irvine na Fórmula 1

 

.

F1: Bottas volta a liderar no segundo treino para o GP da Rússia

Artigo anterior

F1: Bottas volta a liderar no segundo treino para o GP da Rússia

Próximo artigo

Mick vê quebra do recorde de Schumacher por Hamilton como positiva: "Ele dizia que recordes existem para serem quebrados"

Mick vê quebra do recorde de Schumacher por Hamilton como positiva: "Ele dizia que recordes existem para serem quebrados"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com