Fórmula 1
07 ago
Treino Livre 3 em
06 Horas
:
46 Minutos
:
44 Segundos
04 set
Próximo evento em
26 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
33 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
47 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
110 dias

Todt diz que F1 não será elétrica por décadas: "Híbridos são escolha certa"

compartilhar
comentários
Todt diz que F1 não será elétrica por décadas: "Híbridos são escolha certa"
Por:
Traduzido por: Vital Neto
19 de dez de 2019 15:01

Para presidente da FIA e especialista, solução para manter velocidade e atingir metas de sustentabilidade está nos biocombustíveis

O presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, afirmou que a Fórmula 1 não será elétrica por décadas. Mandatário duvida que tecnologia permita carros tão velozes quanto os F1 atuais e indica uso de biocombustíveis como solução sustentável.

Enquanto a Fórmula E está crescendo e atraindo o interesse de fãs e fabricantes, Todt manteve-se cético quanto à tecnologia a bateria ser capaz de atender às demandas de velocidade e distância da F1 por muitos anos.

Leia também:

Em vez disso, Todt vê o foco da F1 no uso de motores híbridos - que não apenas reutilizam a energia desperdiçada, mas também podem ser mais ecológicos através do aumento do uso de combustíveis bio-sustentáveis.

"No momento, só podemos considerar a F1 com motores híbridos", disse Todt. "Não se pode imaginar que a FE substitua os 300 Km de autonomia da Fórmula 1. Atualmente, não há um carro de corrida [elétrico] capaz de chegar aos mais de 300 Km/h da categoria".

"Passarão décadas antes que isso aconteça, se acontecer. Hoje, os híbrido são a escolha certa, o próximo passo é ver como podemos garantir o uso de combustíveis mais ecológicos".

Biocombustíveis são melhor solução

A visão de Todt é apoiada pelo chefe de motores da Mercedes na F1, Andy Cowell, que considera que o esporte pode obter grandes ganhos no desenvolvimento de tecnologia bio-sustentável no futuro.

Falando ao Motorsport.com sobre as previsões de Todt de que a F1 não será elétrica por décadas, Cowell disse: "Tudo depende da tecnologia de armazenamento. Se forem baterias de íons de lítio, então a previsão está correta".

"Se optarmos por uma solução a hidrogênio, pode ser feito hoje, mas os carros seriam muito mais pesados ​​e mais volumosos do que atualmente. Nesse ponto, acho que perderíamos o aspecto da F1. Então, acho que é por isso que os passos que estaremos dando 2021 são importantes, quando estaremos introduzindo 10% de combustível bio-sustentável".

"Se pudermos, com a próxima geração de unidades de potência, desenvolver um motor com combustível 100% sustentável, haverá uma enorme quantidade de dióxido de carbono que poderíamos converter em combustível líquido à base de hidrocarboneto".

"Então vamos deixar de usar todo o carbono capturado na terra, na forma de gás e petróleo, e assim por diante. Vamos deixar isso para trás. O planeta fez um ótimo trabalho ao capturar isso, então vamos capturar um pouco do céu em vez de extraí-lo da terra".

"Vamos criar combustíveis líquidos e um motor com eficiência térmica de 60%; nesse ponto, não se tratará de jogar fora a combustão interna. Será sobre adaptar o que temos e sobre as empresas petroquímicas se adaptarem à captura de carbono e assim por diante. Acho que esse é um futuro para possível em 10 a 20 anos".

Setor automotivo se beneficiaria de F1 híbrida

O CEO da F1, Chase Carey, acredita que o esporte pode atuar como uma referência para os benefícios da tecnologia híbrida, já que os fabricantes de carros de rua avaliam o que os consumidores vão querer no futuro.

"Acho que é uma questão ofensiva, não defensiva", afirmou. "A eletricidade será parte da solução. Mas você sabe, eles têm seus próprios problemas, seja econômico ou de baterias. Acho que há muitos problemas em torno disso".

"Acho que o motor híbrido pode ser, de muitas maneiras, um dos componentes mais importantes, senão o mais importante, para lidarmos com mais de um bilhão de carros hoje em dia com motores de combustão. E podemos, a partir de iniciativas como combustíveis, tecnologia de combustíveis e recuperação de energia, continuar a criar esse espaço".

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui. 

Novas regras de 2021 impactam no design dos carros

Além da questão de sustentabilidade, a categoria máxima do automobilismo terá mudanças nos regulamentos técnicos, o que impacta na aerodinâmica - e no design - dos carros. Estes ficarão mais simples e terão o retorno do efeito solo, que 'gruda' o monoposto ao chão e facilita as ultrapassagens. Tendo isso em vista, a própria F1, além de McLaren, Williams e Renault, lançaram esboços das versões de suas máquinas para 2021. Confira na galeria abaixo:

Galeria
Lista

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1
1/40

Foto de: McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1
2/40

Foto de: McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1
3/40

Foto de: McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1
4/40

Foto de: McLaren

Williams 2021

Williams 2021
5/40

Foto de: Williams

Williams 2021

Williams 2021
6/40

Foto de: Williams

Williams 2021

Williams 2021
7/40

Foto de: Williams

Renault 2021

Renault 2021
8/40

Foto de: Renault F1

Renault 2021

Renault 2021
9/40

Foto de: Renault F1

Renault 2021

Renault 2021
10/40

Foto de: Renault F1

F1 2021

F1 2021
11/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
12/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
13/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
14/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
15/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
16/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
17/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
18/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
19/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
20/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
21/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
22/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
23/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
24/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
25/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
26/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
27/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
28/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
29/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
30/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
31/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
32/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
33/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
34/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
35/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
36/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
37/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
38/40

Foto de: Formula 1

F1 2021

F1 2021
39/40

Foto de: Giorgio Piola

F1 2021

F1 2021
40/40

Foto de: Scott Mitchell

Futuro em foco:

Com o fim da temporada da Fórmula 1, fizemos um balanço do ano que está se encerrando e traçamos um panorama sobre o que está por vir em 2020 e 2021. Confira esse e outros assuntos no episódio dessa semana do podcast do Motorsport.com:

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Siga o Motorsport.com Brasil no TwitterFacebookInstagram e Youtube.

Albon diz não ter sentido "pressão" na Red Bull por saber que "ainda teria Toro Rosso"

Artigo anterior

Albon diz não ter sentido "pressão" na Red Bull por saber que "ainda teria Toro Rosso"

Próximo artigo

F1 divulga aumento de presença de público nos autódromos em 2019

F1 divulga aumento de presença de público nos autódromos em 2019
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble