Ultrapassagens vão melhorar em outras pistas, diz Bottas

compartilhar
comentários
Ultrapassagens vão melhorar em outras pistas, diz Bottas
Por:

Para finlandês, pistas com retas maiores serão mais fáceis para se ultrapassar do que o Albert Park, em Melbourne

A abertura da Fórmula 1 na Austrália decepcionou muita gente no quesito das disputas. Apenas cinco ultrapassagens foram realizadas durante as 57 voltas da prova. Porém, Valtteri Bottas crê que só será possível dar um veredito sobre as novas regras da Fórmula 1 quando o campeonato for para pistas com retas maiores.

"Os circuitos com retas mais longas vão ter disputas muito boas, porque também o vácuo vai ter um efeito maior agora e o DRS também, com essas asas traseiras.”

"Então, em alguns lugares vamos ver boas corridas e alguns lugares, como Barcelona, ​​será muito difícil ultrapassar. Vamos esperar mais algumas corridas e ver como será, mas na Austrália foi mais complicado do que no ano passado."

Desvantagem das regras

Não se esperava uma corrida disputada graças ao maior downforce dos carros, e Bottas acredita que seja uma pena que essas previsões tenham se concretizado.

"Eu acho que quando você estiver com um carro parecido e pneus similares, vai ser extremamente difícil de passar em uma pista como esta", disse ele.

"Com os carros novos, é mais difícil de seguir quando você estiver a dois segundos do carro que está à frente. Você perde uma grande quantidade de aderência. Portanto, precisamos de grande diferença de ritmo para realmente atacar. É uma pena.”

As visões de Bottas sobre o circuito do Albert Park, que não oferece uma imagem verdadeira das possibilidades de ultrapassagem para este ano, foram apoiadas por Kimi Raikkonen.

O fato de dar voltas em carros do fim do grid ter sido um pouco mais fácil, deixou Raikkonen sentindo que as coisas podem não ser tão ruins como alguns sugerem.

"Acho que dar voltas foi mais fácil", disse o piloto da Ferrari. "Obviamente, pode haver uma diferença maior entre as equipes. Eu acho que se você pegar um time top ou carro top, contra outro, nunca vai ser fácil de ultrapassar.”

"É apenas a primeira corrida e este está longe de ser um circuito normal. Alguns circuitos serão mais fáceis, alguns mais difíceis. Temos que ver como vamos nas próximas corridas.”

"Mas depende muito do quanto as pessoas param, os pneus e a velocidade do carro em geral."

Red Bull espera por “grande passo” da Renault no Canadá

Artigo anterior

Red Bull espera por “grande passo” da Renault no Canadá

Próximo artigo

Sauber se diz "muito surpresa" por estreia de Giovinazzi

Sauber se diz "muito surpresa" por estreia de Giovinazzi
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Localização Melbourne Grand Prix Circuit
Pilotos Kimi Raikkonen , Valtteri Bottas
Equipes Ferrari , Mercedes
Autor Jonathan Noble