Único a derrotar Hamilton na Mercedes, Rosberg dá receita vencedora a Bottas

Campeão mundial de 2016, ex-piloto fala sobre como finlandês deve agira durante uma temporada para superar hexacampeão

Único a derrotar Hamilton na Mercedes, Rosberg dá receita vencedora a Bottas

Nico Rosberg teve passagem na Mercedes de 2010 a 2016, deixando a vitoriosa equipe poucos dias depois de conquistar seu único título mundial e chocando o mundo da velocidade. Naquela temporada, 19 das 21 provas foram dominadas pelo time alemão, com Lewis Hamilton triunfando 10 vezes, contra nove do filho de Keke Rosberg.

O título de Rosberg foi o único que não teve o nome de Hamilton desde o início da era híbrida na F1, em 2014. O relacionamento dos dois, de amizade até antes do campeonato, foi abalado pelos jogos psicológicos aplicados por ambos.

Leia também:

Assim que Rosberg anunciou a sua aposentadoria, Valtteri Bottas foi anunciado como substituto, saindo da Williams e fazendo com que Felipe Massa voltasse atrás de sua primeira aposentadoria da F1.

Após batalhas entre Hamilton e Sebastian Vettel nos dois anos seguintes, finalmente Bottas garantiu o vice-campeonato, muito por ter tido um início de temporada forte, com dois triunfos nas quatro primeiras corridas.

"Acho que Valtteri jogou psicologicamente muito bem no início do ano”, disse Rosberg à Sky Sports. “Ele chegou e mostrou que poderia ser um Bottas 2.0, muito forte e funcionou. Essa é a maneira perfeita de fazer isso, apenas se concentrar em você, tenha certeza de que você é o mais forte e poderoso possível."

E continuou: “No entanto, isso não basta. Você precisa se aperfeiçoar durante toda a temporada. Valtteri sempre tem momentos em que é muito forte e vence Lewis e outros em os que Lewis volta e o destrói. Acho que o ritmo da corrida foi um problema para Valtteri. Ele deve melhorar isso. Ele destrói os pneus traseiros, em comparação com Lewis, e isso às vezes é um grande problema."

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui. 

Relembre todos os carros da Mercedes na F1

1954: Mercedes-Benz W 196 R

1954: Mercedes-Benz W 196 R
1/13

Foto de: Daimler AG

1954: Mercedes-Benz W 196 R

1954: Mercedes-Benz W 196 R
2/13

Foto de: Daimler AG

1955: Mercedes-Benz W 196 R

1955: Mercedes-Benz W 196 R
3/13

Foto de: Daimler AG

2010: Mercedes MGP W01

2010: Mercedes MGP W01
4/13

Foto de: XPB Images

2011: Mercedes MGP W02

2011: Mercedes MGP W02
5/13

Foto de: XPB Images

2012: Mercedes F1 W03

2012: Mercedes F1 W03
6/13

Foto de: XPB Images

2013: Mercedes F1 W04

2013: Mercedes F1 W04
7/13

Foto de: XPB Images

2014: Mercedes F1 W05 Hybrid

2014: Mercedes F1 W05 Hybrid
8/13

Foto de: XPB Images

2015: Mercedes F1 W06 Hybrid

2015: Mercedes F1 W06 Hybrid
9/13

Foto de: XPB Images

2016: Mercedes F1 W07 Hybrid

2016: Mercedes F1 W07 Hybrid
10/13

Foto de: XPB Images

2017: Mercedes F1 W08 Hybrid

2017: Mercedes F1 W08 Hybrid
11/13

Foto de: Mercedes AMG

2018: Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+

2018: Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+
12/13

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

2019: Mercedes AMG W10

2019: Mercedes AMG W10
13/13

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

O lado psicológico da F1 também foi tema do Podcast do Motorsport.com #15 nesta semana, que repercutiu o hexacampeonato mundial de Lewis Hamilton.

 

 

compartilhar
comentários
Contra fake news, Hamilton e Verstappen selam acordo de paz

Artigo anterior

Contra fake news, Hamilton e Verstappen selam acordo de paz

Próximo artigo

Hulkenberg diz que ida para DTM é “fake news”

Hulkenberg diz que ida para DTM é “fake news”
Carregar comentários