Verstappen desaprova sprints e 'avisa' F1: "Espero que não haja muitas mudanças, senão não ficarei muito tempo"

Holandês da Red Bull não aprova mudanças que a categoria tem feito nos fins de semana de corrida

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, with his medal on the podium

A Fórmula 1 vem implementando e testando novos formatos de fim de semana para além do tradicional já conhecido pelo público e pelos pilotos com três treinos livres, uma classificação e o GP. E, para Max Verstappen, essas mudanças podem implicar em uma saída da categoria de forma 'precoce.'

Leia também:

Em 2023, a principal categoria do automobilismo contará com seis corridas sprint no calendário: Azerbaijão, Áustria, Bélgica, Catar, Estados Unidos e Brasil. Além disso, em Ímola uma nova regra será colocada em prática na classificação de sábado, no Q1 os pilotos só poderão usar pneus duros, no Q2 pneus médios e no Q3 os compostos macios.

E essa insistência em trocar o tradicional tem irritado o bicampeão mundial Max Verstappen. O holandês da Red Bull mandou um recado à F1 caso as mudanças continuem acontecendo. 

"Mesmo que você mude o sistema, fazer essas corridas sprint não está no DNA da Fórmula 1. Espero que não haja muitas mudanças, senão não ficarei aqui por muito tempo. Não gosto do novo formato. É sobre sobreviver, não tem nada a ver com corrida", disse Verstappen em palavras publicadas pelo portal Motorsport Week.

Com 23 corridas, contando apenas os GPs de domingo, no calendário em 2023, Verstappen destaca que as sprints colaboram para uma temporada ainda mais inchada. 

"Não sou nada fã de ter finais de semana com o novo formato. Quando fazemos esse tipo de coisa, o evento fica muito intenso e já estamos fazendo muitas corridas. Não acho que seja a forma mais adequada para fazer os eventos, mas entendo que queiram tornar todos os dias de ação na pista mais interessantes", indicou.

"Vamos chegar a temporadas em que vamos acabar tendo até 25 corridas. Já se levarmos em conta os lugares para onde vamos, se começarmos a adicionar mais ação com um 'Sprint', não é lucrativo para mim de forma alguma",  concluiu.

Ouça Massa detalhando possível judicialização do título da F1 2008 por causa do 'Crashgate'

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #224 – Inconsistência da FIA estraga o grande momento da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Russell deve reavaliar aposta de "limpa" da Red Bull em 2023 com atualizações da Mercedes
Próximo artigo F1: Aston Martin prepara 'escalada' de atualizações para próximos GPs

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil