Verstappen desdenha de vice-campeonato da F1: "Não me importa"

Piloto da Red Bull diz que foca no desempenho de carro, mesmo que não consiga chegar no segundo lugar

Verstappen desdenha de vice-campeonato da F1: "Não me importa"
Carregar reprodutor de áudio

Max Verstappen insiste que não tem como objetivo o segundo lugar no Campeonato Mundial, apesar de estar a apenas 27 pontos de Valtteri Bottas com três corridas restantes.

O holandês deixou claro que, com o Campeonato Mundial de 2020 agora decidido em favor de Lewis Hamilton, as posições atrás do inglês não importam para ele.

Leia também:

Ele diminuiu ligeiramente a diferença para Bottas na Turquia, depois de terminar frustrado em sexto em um dia em que o finlandês estava fora dos pontos.

“Veremos”, disse Verstappen quando questionado sobre sua perspectiva de chegar no piloto da Mercedes. “Realmente não me importa, ser segundo ou terceiro.”

“Só quero ter um bom resultado. Se isso significar que no final você está em terceiro lugar no campeonato, mas você teve algumas corridas positivas para terminar a temporada, estarei feliz com isso.”

Verstappen admitiu que sua equipe sabia no início do ano que não seria um candidato ao título em 2020, apesar de um final forte na temporada anterior.

“Acho que na primeira corrida ficou bem claro que estávamos muito longe”, disse ele. "E porque? Quer dizer, isso eu não sei, porque senão já teríamos mudado, se soubéssemos por quê.”

“Acho que todos estão trabalhando muito, não há dúvida disso. Mas muitas equipes estão trabalhando muito, é claro. E ainda temos que atualizar, mas é difícil identificar o porquê.”

Sobre o que o carro precisava, ele brincou: “Basicamente, precisamos de mais aderência e mais potência. É isso, certo? Você nunca tem aderência suficiente e nunca tem potência suficiente.”

Verstappen reconheceu que as atualizações introduzidas na última corrida na Turquia parecem funcionar, embora tenha sido difícil julgá-las nas condições difíceis e em uma pista desconhecida. Ele acredita que os benefícios serão mais evidentes neste final de semana.

“Quer dizer, é sempre difícil dizer, por causa das condições, mas testei algumas peças novas e elas foram definitivamente positivas”, disse ele.

“Então, estou ansioso em vir aqui no Bahrein, onde é claro que já temos um pouco mais de informações com esses carros nos últimos anos, então eu só quero ver como funciona aqui. Mas estou confiante de que pode ser bom.”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Hamilton REVELA ‘defeito’ da Mercedes e mostra como a equipe minimizou o problema

PODCAST: Domínio da Mercedes tira mérito de Hamilton em suas conquistas?

 

compartilhar
comentários
Pérez: Red Bull é a única opção para seguir na F1 em 2021
Artigo anterior

Pérez: Red Bull é a única opção para seguir na F1 em 2021

Próximo artigo

Leclerc promete aprender com erro cometido no fim do do GP da Turquia

Leclerc promete aprender com erro cometido no fim do do GP da Turquia