Verstappen detona esporte focado em "punições em vez de corridas": "Para mim isso não é a F1"

Holandês fez comentário quando soube que havia sido eleito piloto do dia, afirmando que os fãs entendem o que são corridas em vez dos comissários, FIA e F1

Verstappen detona esporte focado em "punições em vez de corridas": "Para mim isso não é a F1"
Carregar reprodutor de áudio

Max Verstappen tratou de não esconder seu descontentamento com as decisões tomadas pelos comissários e a direção de prova durante o GP da Arábia Saudita do último domingo, afirmando que, para ele, o que aconteceu em Jeddah "não é a Fórmula 1".

O holandês e Lewis Hamilton protagonizaram uma das provas mais caóticas dos últimos anos, e a vitória do piloto da Mercedes com o holandês em segundo deixam ambos empatados no Mundial com apenas uma corrida para o fim da temporada.

Leia também:

Com Hamilton saindo em primeiro e Verstappen em terceiro devido à batida no fim da classificação, haviam muitas opções para que os caminhos de ambos se cruzassem durante a prova, e foi exatamente isso que aconteceu.

A primeira polêmica do dia veio na curva um durante a relargada após a batida de Mick Schumacher. Para se defender, Verstappen foi parar para fora da pista, voltando em cima de Hamilton, o que forçou o britânico a reduzir e desviar, permitindo ainda que Esteban Ocon o ultrapassasse. Na segunda paralisação, a direção de prova determinou que o holandês saíssem em terceiro, devolvendo a posição ao rival.

Mas a maior polêmica de todas veio na metade final da prova. Primeiro, Verstappen voltou a escapar da pista na curva 1 em uma manobra defensiva e foi orientado pela equipe a ceder a posição, mas de modo estratégico. Ele fez isso logo antes da zona de detecção do DRS, mas acabou recebendo um toque na traseira de Hamilton após fazer um brake test, uma frenagem repentina em uma zona de alta.

Para a sorte de ambos, ninguém precisou abandonar. Mas o maior prejudicado foi Verstappen, que foi inicialmente punido com cinco segundos e perdeu rendimento, não tendo como segurar Hamilton, que venceu o GP com larga vantagem.

Após o fim da prova, com nervos à flor da pele, Verstappen foi bem claro e reconheceu que não concorda com as decisões dos comissários de prova tomaram.

"Sim, foi uma prova muito movimentada. Aconteceram coisas que não estou completamente de acordo, mas é o que é. Quero dizer que pelo menos tentei na pista, dei o meu melhor. Mas não estou seguro se os pneus teriam durado até o final".

Falando sobre o polêmico toque com Hamilton, se explicou assim: "Reduzi a velocidade. Queria deixá-lo passar, assim que coloquei à direita, mas ele não queria passar e logo nos tocamos. Realmente não entendo o que aconteceu".

Para finalizar, Verstappen recebeu o prêmio de piloto do dia na votação popular da F1 e aproveitou para mandar uma mensagem dura aos comissários, a direção de prova, a FIA e a F1.

"Felizmente os fãs têm claro o que são as corridas, porque o que aconteceu hoje é incrível. Só estava tentando correr e hoje esse esporte lida mais com punições do que corridas. Para mim, isso não é a F1".

F1 AO VIVO: VERSTAPPEN e HAMILTON travam GUERRA na Arábia Saudita e chegam EMPATADOS para decisão | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Hamilton critica Verstappen após polêmicas em Jeddah: "Parece que as regras não se aplicam a um de nós"
Artigo anterior

F1 - Hamilton critica Verstappen após polêmicas em Jeddah: "Parece que as regras não se aplicam a um de nós"

Próximo artigo

F1: Matemática do título em Abu Dhabi é simples, mas com alguns detalhes; confira

F1: Matemática do título em Abu Dhabi é simples, mas com alguns detalhes; confira