VÍDEO - Vettel detona diretor de prova da F1: "Dinheiro da TV é o que faz a diferença agora"

Tetracampeão volta a fazer críticas públicas a Michael Masi após comentários do sábado

VÍDEO - Vettel detona diretor de prova da F1: "Dinheiro da TV é o que faz a diferença agora"

Sebastian Vettel criticou o diretor de prova da Fórmula 1, Michael Masi, pela decisão de tentar iniciar o GP da Bélgica deste domingo (29) apesar das péssimas condições de visibilidade e aderência da pista e os pedidos dos pilotos pelo adiamento.

Com a maior incidência de chuva do fim de semana, Masi anunciou o adiamento da largada, inicialmente prevista para 10h, horário de Brasília, transferindo até 10h25, quando foram realizadas duas voltas de apresentação antes da interrupção indefinida.

Leia também:

Mas assim que os pilotos saíram do grid, os rádios mostravam a insatisfação com a decisão. Vettel já criticava Masi antes mesmo de ligar o carro, afirmando que a atitude do diretor de prova considerou apenas os ganhos financeiros da F1.

"Nós vamos largar atrás do safety car", foi informado Vettel pelo seu engenheiro da Aston Martin.

Mas o tetracampeão respondeu de forma dura, fazendo uma crítica direta a Masi pela decisão tomada.

"Qual é a diferença agora? Nenhuma. Acho que o dinheiro da TV faz a diferença agora. Só estou falando o óbvio. Agora chove mais do que há 20 minutos".

Seu engenheiro ainda relembrou que Masi monitora os rádios dos pilotos, afirmando que ele "está feliz por ouvir seus comentários". Mas Vettel não baixou a cabeça.

"Bem, não posso pagar a ele o mesmo valor que o pessoal da TV".

Veja o momento abaixo:

 

Essa não é a primeira crítica direta de Vettel a Masi no fim de semana. Ontem, após a forte batida de Lando Norris, que levou a uma suspensão da classificação de mais de 40 minutos, o tetracampeão afirmou que foi errado iniciar o Q3 com as péssimas condições de pista.

“Acho que Michael também não está orgulhoso do que aconteceu”, disse Vettel após a qualificação.

“É sempre fácil brincar de Capitão Retrospectiva. No entanto acho que precisamos encontrar uma maneira de ouvir mais os pilotos.”

“Dentro da garagem, é muito limitado, porque é como olhar pela janela. Mas no resto da pista, não tenho ideia do que está acontecendo.”

“Quando desci para Eau Rouge e subi o morro, havia muita água e eu gritava no rádio para bandeira vermelha. Acho que a verdade é que a sessão nem deveria ter começado.”

“Há muitas coisas que poderíamos ter sido feitas melhor. Eu acho que é melhor errar por ser muito seguro do que pouco. É bom que nada tenha acontecido, essa é a notícia principal, mas poderia ter sido um resultado diferente para Lando, e não tenho certeza se ele poderia ter feito alguma coisa. ”

F1: Conheça a INCRÍVEL história da PRISÃO de MIKA HAKKINEN horas antes do GP da Grã-Bretanha

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #124 – Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Pérez poderá correr GP da Bélgica se Red Bull arrumar carro a tempo
Artigo anterior

F1: Pérez poderá correr GP da Bélgica se Red Bull arrumar carro a tempo

Próximo artigo

F1: Em 1985 Spa presenciou o GP da Bélgica que não aconteceu

F1: Em 1985 Spa presenciou o GP da Bélgica que não aconteceu
Carregar comentários