Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Wolff diz que Mercedes ainda não sabe se é tão rápida quanto parece

compartilhar
comentários
Wolff diz que Mercedes ainda não sabe se é tão rápida quanto parece
Por:
16 de mar de 2019 12:05

Chefe de equipe do time alemão alega que é preciso esperar mais tempo para confirmar suposta vantagem em relação à Ferrari

Depois de cravar a primeira pole position de 2019 com Lewis Hamilton, o chefe de equipe da Mercedes Toto Wolff disse que não pode julgar se a sua qualificação para o Grande Prêmio da Austrália foi uma exceção ou se o W10 é realmente muito mais rápido do que a Ferrari.

Hamilton liderou uma dobradinha Mercedes no treino classificatório em Melbourne, neste sábado, derrotando o companheiro Valtteri Bottas, da Finlândia, por apenas um décimo. Pela Ferrari, Sebastian Vettel foi 0s7 mais lento que o inglês. Vettel havia terminado os testes de pré-temporada como favorito e a Mercedes ainda afirmava que a escuderia italiana estava em melhores condições na véspera da abertura da temporada.

Leia também:


Wolff disse: "Quando chegamos à Austrália e fomos à pista na sexta-feira, foi difícil saber o que esperar. Se éramos mais rápidos ou não, ou se seria muito próximo. Mas nós tivemos uma ótima sexta. Não confiamos nela completamente, mas o carro estava igualmente bom hoje. É resultado de todo o trabalho feito desde que começamos a testar”.

O chefe de equipe destacou as dificuldades na pré-temporada para ponderar o ritmo real da Mercedes: "Não foi o começo mais fácil em Barcelona e ainda não podemos julgar se foi diferente porque Melbourne é outro tipo de circuito ou se realmente temos um carro que é tão rápido quanto pareceu hoje”.

Wolff disse que o desempenho da Mercedes mostra que o novo carro está rápido. Entretanto, o chefe alega que precisa entender qual foi a razão para esse ritmo repentino, já que Hamilton e Bottas expressaram surpresa com a velocidade após a classificação.

Toto Wolff, Executive Director (Business), Mercedes AMG, on stage

Toto Wolff, Executive Director (Business), Mercedes AMG, on stage

Photo by: Steve Etherington / LAT Images

Na temporada passada, Hamilton se classificou para a pole com uma vantagem de 0s6 sobre a Ferrari, mas Vettel venceu a corrida e passou a ter o carro mais rápido nos próximos GPs.

Perguntado pelo Motorsport.com sobre as perspectivas para o mundial, Wolff disse: "Eu gostaria de continuar com a forma de hoje, claro, mas não acho que isso é o que podemos esperar para toda a temporada. Acredito que o campeonato será disputado como no ano passado. Só porque tivemos uma sexta-feira e um sábado muito bem em Melbourne não significa que será uma corrida tranquila. Pelo contrário, vamos precisar nos esforçar ao máximo, como fizemos depois da primeira semana ruim em Barcelona”.

Na segunda semana de testes de pré-temporada, a Mercedes introduziu um novo pacote aerodinâmico. Entretanto, foi só no último dia na Espanha que Wolff viu a luz no fim do túnel: "Nós estávamos realmente experimentando o carro. Na sexta-feira, quando começamos as primeiras simulações de baixo consumo, o carro estava bem, tão rápido quanto a Ferrari, e aí sentimos que poderia haver uma vantagem ".

Próximo artigo
Ralf Schumacher diz que Williams trabalha de forma antiquada

Artigo anterior

Ralf Schumacher diz que Williams trabalha de forma antiquada

Próximo artigo

Ferrari: Charles Leclerc diz que fez 'trabalho muito ruim' no Q3

Ferrari: Charles Leclerc diz que fez 'trabalho muito ruim' no Q3
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Equipes Mercedes Compre Agora
Autor Scott Mitchell