Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
25 dias
Fórmula E IndyCar
R
Long Beach
16 abr
Canceled
R
Birmingham
16 abr
Próximo evento em
47 dias
NASCAR Cup MotoGP
25 mar
Próximo evento em
25 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Postponed

F2: Em corrida dramática no Bahrein, Schumacher é campeão após terminar em 18º; Drugovich é 8º

O filho do heptacampeão teve problemas com os pneus após uma freada mais forte ainda na primeira volta, tendo que entrar nos boxes para uma troca

compartilhar
comentários
F2: Em corrida dramática no Bahrein, Schumacher é campeão após terminar em 18º; Drugovich é 8º

A Fórmula 2 chegou ao fim da temporada 2020 neste domingo, com a 24ª e última prova no ano. E na segunda corrida no anel externo do Bahrein, tivemos uma etapa ainda mais dramática que a do sábado, com o líder do campeonato precisando fazer uma troca de pneus no meio da corrida. No final, a vitória ficou com Jehan Daruvala e Mick Schumacher contou com uma perda de performance de Callum Ilott para ser campeão, mesmo terminando em 18º.

No sábado, tivemos uma corrida movimentada e repleta de polêmicas no anel externo do Bahrein. Yuki Tsunoda venceu com Guanyu Zhou, enquanto Felipe Drugovich completou o pódio horas depois do fim da corrida, com Nikita Mazepin tomou duas punições de cinco segundos por defesas perigosas contra Drugovich e Zhou. O russo, que terminou inicialmente em terceiro, acabou em nono. E com a mudança, os candidatos ao título, Callum Ilott e Mick Schumacher, terminaram em quinto e sexto.

Leia também:

Após a corrida do sábado, Schumacher chegou ao último dia da temporada como o favorito ao título da F2. O alemão tinha 215 pontos contra 201 de Ilott com apenas 17 em disputa (15 para o vencedor mais dois da volta mais rápida). Com isso, a única opção do britânico para garantir o título seria uma vitória.

Com a inversão do grid a partir dos resultados de ontem, tivemos Dan Ticktum na pole com Jehan Daruvala fechando a primeira fila. Na segunda fila, os candidatos ao título, com Mick Schumacher em terceiro e Callum Ilott em quarto. Felipe Drugovich saiu em sexto após conquistar o pódio tardiamente, tendo Robert Shwartzman ao seu lado. Fechando a inversão, Guanyu Zhou e o vencedor Yuki Tsunoda na quarta fila.

Pedro Piquet saiu da décima posição, tendo ao seu lado Nikita Mazepin, enquanto Guilherme Samaia saiu da 22ª posição.

Na largada, Schumacher saiu bem e desafiou Ticktum pela ponta, mas precisou frear com força antes do segundo setor, voltando ao terceiro lugar e sendo brevemente ameaçado por Ilott. Mas o britânico acabou em uma disputa própria com Shwartzman.

Após as primeiras voltas, Ticktum e Daruvala se mantinham nas duas primeiras posições, seguido de Schumacher, Ilott, Shwartzman, Zhou, Drugovich e Mazepin. Pedro Piquet não teve uma boa saída e após duas voltas já estava na 15ª posição.

Na 11ª volta, de um total de 34, o safety car virutal foi acionado rapidamente por detritos na pista e, neste momento, nenhuma mudança nas primeiras posições, com Schumacher voltando ao terceiro lugar após um breve período a frente de Daruvala. O alemão começou a receber pressão de seu rival na luta pelo título.

Na metade da prova, duas disputas marcavam as primeiras posições: Daruvala avançava pra cima de Ticktum em busca da liderança, enquanto logo atrás Ilott seguia pressionado Schumacher em uma luta que valia o título. Os dois protagonizaram uma batalha intensa próximo da 20ª volta, com freadas fortes e ambos tendo que ir para fora da pista.

Com problemas nos pneus, Schumacher fez uma parada na 20ª volta, caindo para o fundo do grid, enquanto Ilott passou a ocupar a terceira posição, reduzindo, neste momento, a diferença para apenas quatro pontos. Mas, para o britânico, apenas a vitória importava para fazer a diferença.

Na 25ª volta, Daruvala conseguiu finalmente passar Ticktum e assumir a liderança da prova, enquanto Ilott perdia a terceira posição para Tsunoda, Zhou e Shwartzman, ficando mais longe da luta pelo título, apesar de Schumacher estar apenas em 20º. Já Drugovich, em disputa com Armstrong pela sétima posição, acabou indo parar na caixa de brita, voltando apenas em 11º.

Com o resultado, Mick Schumacher teve os números necessários para ser o campeão da temporada 2020 da Fórmula 2, mesmo ao terminar no fundo do grid. Essa é a despedida do alemão da categoria, antes da estreia na F1 no próximo ano, onde correrá na Haas ao lado de Nikita Mazepin.

No final, Ilott não tinha pneus para conseguir lutando e foi perdendo posições, até cair para fora da zona de pontos.

A vitória da última corrida da F2 do ano ficou com Daruvala, 2s a frente de Tsunoda e Ticktum completando o pódio em terceiro. Fechando a zona de pontos, Zhou, Shwartzman, Alesi, Ghiotto e Drugovich. Ilott terminou apenas em 11º, enquanto Schumacher foi o 18º. Pedro Piquet terminou em 12º e Samaia em 19º

A Fórmula 2 entra agora em recesso até o início da temporada 2021, que começa no próprio circuito do Bahrein, em 27 de março. A partir do próximo ano, a F2 e a F3 terão um formato diferente, com três corridas por final de semana em vez de apenas duas.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1: Bottas derrota Russell e Verstappen por menos de 1 décimo; veja como ficou grid do GP de Sakhir

PODCAST: O 'milagre' Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em estreia na F1

 

F2: Tsunoda vence e briga por título segue; Drugovich herda pódio após punição a Mazepin

Artigo anterior

F2: Tsunoda vence e briga por título segue; Drugovich herda pódio após punição a Mazepin

Próximo artigo

Drugovich confirma ida à equipe UNI-Virtuosi para temporada 2021 da F2

Drugovich confirma ida à equipe UNI-Virtuosi para temporada 2021 da F2
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria FIA F2
Autor Guilherme Longo