Fórmula E
R
ePrix da Arábia Saudita
22 nov
-
22 nov
Próximo evento em
23 Horas
:
53 Minutos
:
25 Segundos
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
56 dias
R
ePrix da Cidade do México
14 fev
-
15 fev
Próximo evento em
84 dias
R
ePrix de Marraquexe
27 fev
-
29 fev
Próximo evento em
97 dias
R
ePrix de Sanya
20 mar
-
21 mar
Próximo evento em
119 dias
R
ePrix de Roma
03 abr
-
04 abr
Próximo evento em
133 dias
R
ePrix de Paris
17 abr
-
18 abr
Próximo evento em
147 dias
R
ePrix de Seul
02 mai
-
03 mai
Próximo evento em
162 dias
R
ePrix de Jacarta
05 jun
-
06 jun
Próximo evento em
196 dias
R
ePrix de Berlim
20 jun
-
21 jun
Próximo evento em
211 dias
R
ePrix de Nova York
10 jul
-
11 jul
Próximo evento em
231 dias
R
ePrix de Londres
25 jul
-
26 jul
Próximo evento em
246 dias

Cachorro ferido encontrado por Nelsinho Piquet em Santiago ganha novo dono

compartilhar
comentários
Cachorro ferido encontrado por Nelsinho Piquet em Santiago ganha novo dono
Por:
Co-autor: Erick Gabriel
9 de fev de 2019 17:56

Dumbo, nome dado pelo piloto brasileiro, já tem uma nova casa, após ter sido cuidado em uma clínica veterinária na capital chilena

Chegou ao fim, e com final feliz, o caso do cãozinho Dumbo, animal encontrado ferido por Nelsinho Piquet na antevéspera do ePrix de Santiago da Fórmula E. Após ser tratado em uma clínica veterinária da capital chilena, ele encontrou um novo dono, de nome Ari Agosin, após campanha do piloto nas redes sociais.

“Eu estava saindo da pista para procurar meu motorista. Procurava uma rua movimentada pro carro me pegar. E aí tinha esse cachorro no chão. Ele caminhava só com as patas da frente, ele estava sofrendo”, disse Piquet ao Motorsport.com Brasil em Santiago.

“Sempre gostei de animais. O carro chegou e eu o coloquei atrás, no carro. Meu motorista gosta e tem cachorro, então ele sabia aonde ir. Fomos em um veterinário, paguei a conta e deixei ele lá pra ser examinado e tratado.”

Desde então, a recuperação do pequeno animal foi acompanhada pelo piloto, que reportava a situação nas redes sociais.

 

“Minha namorada queria muito o cachorro, mas não é assim", continuou Nelsinho.

“Hoje, como moro sozinho, não dá. Se eu morasse em uma casa no Brasil com empregado, daria pra ter. Eu não paro em casa. Estou lá, no máximo, trinta dias ao ano. Se minha namorada já acha ruim eu viajar, imagina o cachorro que precisa de mim.”

Nesta sexta-feira, Dumbo, nome que Nelsinho deu ao cão por causa de suas grandes orelhas, finalmente encontrou um novo dono e já está em um novo lar.

Dumbo, cachorro resgatado por Nelsinho Piquet em Santiago com sua nova família.

Dumbo, cachorro resgatado por Nelsinho Piquet em Santiago com sua nova família.

Photo by: Divulgacao

Próximo artigo
Fórmula E será 5ª categoria de Nasr após F1; relembre trajetória

Artigo anterior

Fórmula E será 5ª categoria de Nasr após F1; relembre trajetória

Próximo artigo

Nasr diz que Fórmula E “estava no radar”

Nasr diz que Fórmula E “estava no radar”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Autor Felipe Motta