F-E atualiza regulamento para evitar abandono em massa em Mônaco; entenda

Corrida em Valência gerou polêmica depois que cinco carros foram desqualificados por excederem limites de energia

F-E atualiza regulamento para evitar abandono em massa em Mônaco; entenda

A FIA atualizou os regulamentos da Fórmula E para evitar outra incidência de desqualificações e abandonos em massa na última volta, que atraiu fortes críticas no ePrix de Valência.

A corrida de abertura da rodada dupla espanhola gerou polêmica quando cinco carros foram desqualificados por excederem os limites de energia e outros três carros pararam na pista. 

Leia também:

Isso ocorreu após uma medida votada na reunião de junho de 2019 do FIA World Motor Sport Council que permite que o diretor de corrida da F-E, Scot Elkins, deduza 1 kWh do total de 52 kWh da prova para cada minuto gasto atrás do safety car.

No entanto, de acordo com o Artigo 37.9 do Regulamento Desportivo da Fórmula E, o diretor da prova tem o “poder de cancelar esta subtração de energia se julgar necessário”. 

A falta de zonas de travagem fortes no circuito Ricardo Tormo fez com que os pilotos não conseguissem recuperar os níveis de energia nas últimas duas voltas.

Portanto, a FIA agora introduziu uma alteração. Um comunicado fornecido pela federação ao Motorspor.com dizia: “Depois do que aconteceu na primeira corrida em Valência, a FIA e o promotor não desejam que um cenário semelhante volte a acontecer."

“Com isso em mente, e para evitar qualquer risco de erro de cálculo no que diz respeito ao consumo de energia, foi decidido não aplicar a redução de energia se um período de safety car terminar além do 40º minuto de uma corrida."  

“Isso dará às equipes uma margem adicional de erro, sem prejudicar de forma alguma o espírito da Fórmula E, em que a gestão de energia é um elemento-chave.” 

Essa medida entrará em vigor para o ePrix de Mônaco neste fim de semana.

A questão das reduções de energia foi levantada em uma reunião de dirigentes de equipe realizada no dia anterior à abertura do ePrix de Valência, e foi levantado devido à colisão da última volta na corrida de Roma entre o piloto da Mercedes Nyck de Vries e Sam Bird da Jaguar. 

Se o vencedor do domingo, Jake Dennis, não tivesse diminuído o ritmo, os pilotos e chefes de equipe calcularam que uma onda semelhante de abandonos teria ocorrido novamente.  

F1 2021: Mercedes X RBR, Bottas X Russell, Grosjean e tudo da Espanha com Rico Penteado | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Oscar das pistas: histórias da F1 que rendem filme

 

.

 

compartilhar
comentários
Fórmula E: Confira horários e como assistir o retorno do ePrix de Mônaco, que usará o mesmo traçado da F1

Artigo anterior

Fórmula E: Confira horários e como assistir o retorno do ePrix de Mônaco, que usará o mesmo traçado da F1

Próximo artigo

F-E: Da Costa conquista pole para o ePrix de Mônaco em dia complicado para os líderes

F-E: Da Costa conquista pole para o ePrix de Mônaco em dia complicado para os líderes
Carregar comentários