F-E: McLaren assina acordo de avaliação e pode integrar grid a partir da temporada 2022/23

Com isso, a marca britânica tem uma vaga garantida no grid para a temporada 2022/23 caso opte por integrar a categoria junto com a introdução do Gen3

F-E: McLaren assina acordo de avaliação e pode integrar grid a partir da temporada 2022/23

A McLaren Racing revelou que assinou um acordo com a Fórmula E que dá à marca a opção de se juntar ao grid da categoria a partir de 2022, com a introdução do Gen3, nova geração de carros. Em dezembro, a marca britânica já havia anunciado o interesse pelo campeonato após o fim do contrato de fornecimento de baterias às equipes, que a impedia de integrar a F-E.

Apesar do acordo não garantir a presença da McLaren no campeonato, ela dá formalmente à montadora britânica a possibilidade da octacampeã de construtores da F1 integrar o grid. Isso vem após os anúncios feitos em dezembro de 2020 das saídas da Audi e da BMW da F-E após o final da temporada 2021, liberando duas vagas do grid, que atualmente conta com 12 equipes.

Leia também:

O acordo possui precedentes na categoria. A Mercedes havia garantido um acordo de se juntar à F-E em outubro de 2016, passando a integrar o grid apenas na temporada 2018-19 com a HWA Racelab, que serviu como uma temporada "de teste" antes da chegada oficial da montadora em 2019-20.

O CEO da F-E, Jaime Reigle, disse ao Motorsport.com: "É um voto de confiança ao campeonato. Eles vão fazer algumas avaliações ao longo dos próximos meses antes de tomar uma decisão. Se tivermos a confirmação oficial, acredito que será algo muito emocionante".

O cofundador e presidente da F-E Alejandro Agag, disse: "Ter a McLaren Racing considerando a entrada na Fórmula E com a chegada do Gen3 é um testamento do nosso impacto contínuo no esporte".

"Apesar de já termos alguns dos nomes mais famosos do esporte a motor já competindo na Fórmula E, é emocionante ter a McLaren examinando uma entrada na categoria".

O CEO da McLaren Racing, Zak Brown, havia confirmado no mês passado que a equipe estava avaliando a entrada na categoria sob o regulamento do Gen3, que terá como principais novidades uma redução do peso do carro de 120kg e um aumento na potência de 350kW.

Nos últimos anos, a equipe de Woking vem aumentando sua participação em categorias além da F1, incluindo duas participações nas 500 Milhas de Indianápolis com Fernando Alonso antes de firmar a parceria com a Arrow Schmidt Peterson Motorsports para uma entrada integral que começou em 2020.

A marca também demonstrou interesse na nova classe LMDh, que será compartilhada pelo Campeonato Mundial de Endurance (WEC) e a IMSA.

Brown disse: "Vínhamos observando a Fórmula E de perto há algum tempo e monitorando o progresso e a direção futura da categoria".

"A oportunidade de considerar a participação na categoria vem com o fim do acordo da divisão de ciências aplicadas da McLaren com a FIA no final da era Gen2, e isso nos dá tempo suficiente para decidir se a Fórmula E é o caminho certo para a McLaren".

A McLaren é atualmente a única fornecedora de baterias para o regulamento do Gen2, mas a marca será substituída para divisão de engenharia avançada da Williams para o Gen3, o que abre o caminho para sua chegada à categoria como competidora.

Reigle acrescentou: "Estamos felizes em ver que a McLaren Racing, um dos nomes mais icônicos do esporte, está analisando a possibilidade de entrar na Fórmula E. A marca tem uma contribuição imensa ao sucesso da categoria fornecendo as baterias para os nossos sistemas Gen2".

"Agora mal podemos esperar para trabalhar com a McLaren para demonstrar o potencial comercial e esportivo da Fórmula E como parte de sua avaliação".

Max revela RECUSA a oferta da Mercedes em 2014; veja mais detalhes da negociação

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Motorsport.com debate a expectativa para a temporada 2021 da F1; ouça

 

.

compartilhar
comentários
Fórmula E diz que corridas noturnas na Arábia Saudita seguem confirmadas
Artigo anterior

Fórmula E diz que corridas noturnas na Arábia Saudita seguem confirmadas

Próximo artigo

F1: Di Grassi diz que GP do Brasil não precisa de dinheiro do contribuinte

F1: Di Grassi diz que GP do Brasil não precisa de dinheiro do contribuinte
Carregar comentários