F-E: Venturi anuncia saída de Massa da equipe; piloto tinha opção de renovação para 2021

compartilhar
comentários
F-E: Venturi anuncia saída de Massa da equipe; piloto tinha opção de renovação para 2021
Por:
, Repórter

Massa havia assinado contrato de duas temporadas com opção de renovação para uma terceira na equipe da Fórmula E

Assim que acabou a última corrida da Fórmula E em Berlim, que terminou com a vitória de Stoffel Vandoorne, a Venturi anunciou que Felipe Massa não seguirá com a equipe para a temporada 2020-21, que começa em janeiro do próximo ano

O brasileiro tinha assinado um contrato de duas temporadas com opção de renovação para mais uma com a equipe monegasca, mas acaba saindo após dois campeonatos disputados. Nesse período, seu melhor resultado foi um terceiro lugar em Mônaco, na temporada 2018-19, correndo na casa da Venturi.

Leia também:

Na prova de hoje, Massa terminou fora do Top 10, conquistando apenas três pontos ao longo da temporada, contra 41 de seu companheiro, Edoardo Mortara. Enquanto Mortara terminou em 14º na classificação, Massa foi apenas o 22º, sendo penúltimo entre os que pontuaram. Na temporada anterior, 2018-19, a situação entre eles foi mais próxima com 52 para o suíço e 36 para o brasileiro.

Na primeira temporada de Massa, a Venturi corria com uma unidade de potência própria. Já para 2019-20, a equipe anunciou uma parceria com a Mercedes para usar a unidade da montadora alemã, e contava com um salto de performance, o que acabou não acontecendo.

Em vez de um pódio de Massa e um pódio e uma vitória de Mortara em 2018-19, o melhor resultado da equipe no campeonato atual foi um quarto lugar do suíço na segunda corrida de Diriyah, em dezembro de 2019.

Massa agradeceu a equipe pelo trabalho e afirmou que teve uma grande curva de aprendizado em seu período na Venturi. Disse também que logo divulgará seus planos para o futuro.

"Deixar uma equipe nunca é uma decisão fácil", disse Massa. "Fizemos boas memórias juntos e isso me deu a oportunidade de aprender algo totalmente diferente do que estava acostumado".

"As últimas duas temporadas foram uma enorme curva de aprendizado para todos nós e, infelizmente, por várias razões, não conquistamos o que esperávamos. Apesar disso, foi muito divertido e desejo toda a sorte para a equipe no futuro. Mal posso esperar para anunciar meus próximos planos".

Já a chefe da equipe, Susie Wolff, ex-piloto de testes da Williams na Fórmula 1, elogiou o brasileiro.

"Felipe trouxe muito para a equipe. Ter alguém de seu perfil, calibre e experiência ajudou muito a levar a equipe adiante. Tenho muito respeito por ele".

Massa anunciou sua ida à Fórmula E em abril de 2018 e a chegada foi muito comemorada pela categoria, que buscava um piloto de alto nível com bom histórico na Fórmula 1. Ele vinha de uma temporada final ruim na Williams, tendo voltado à F1 pouco após o anúncio de sua aposentadoria da categoria devido à saída repentina de Nico Rosberg, que abriu espaço para Valtteri Bottas, ex-companheiro do brasileiro na equipe britânica.

VÍDEO: Esnobado por Senna, Massa usou episódio para dar lição em Schumacher

PODCAST: O que aconteceria em um duelo Hamilton X Verstappen em igualdade de condições?

 

F-E: Vandoorne comanda dobradinha da Mercedes em Berlim e fica com o vice-campeonato

Artigo anterior

F-E: Vandoorne comanda dobradinha da Mercedes em Berlim e fica com o vice-campeonato

Próximo artigo

Massa revela que decidiu sair da Venturi antes das finais em Berlim

Massa revela que decidiu sair da Venturi antes das finais em Berlim
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Autor Guilherme Longo