Fórmula E inicia venda dos ingressos para o ePrix de São Paulo; valores chegam a R$375

Primeira passagem do Mundial de carros elétricos pelo país está marcada para março de 2023 e será a sétima etapa da temporada, que marca a estreia do Gen3

São Paulo

Nesta quinta-feira (13), a Fórmula E abriu oficialmente as vendas dos ingressos para o primeiro ePrix de São Paulo, marcado para 25 de março do próximo ano no Sambódromo do Anhembi, na capital paulista. Na venda online, os valores variam entre 150 e 375 reais para o evento, que marca a primeira passagem do mundial de carros elétricos pelo país.

A abertura da bilheteria coincidiu com a realização do lançamento oficial da etapa nesta quinta-feira, na sede da Prefeitura de São Paulo no Viaduto do Chá. O evento contou com a presença de autoridades da Fórmula E e os brasileiros do grid da categoria, Lucas di Grassi, que correrá pela Mahindra em 2023 e Sérgio Sette Câmara, que troca a Dragon pela NIO 333.

Leia também:

Nesta primeira leva, foram liberados ingressos em seis setores, todos na reta principal: C, D, E, F, G e H.

Os setores D, F e G têm ingressos no valor de 300 reais na modalidade inteira, enquanto meia-entrada e idoso saem a 150 reais e o ingresso solidário, mediante a uma pequena doação feita no momento do pagamento a uma instituição beneficente escolhida pelo promotor do evento sai por 230 reais.

Já os ingressos dos setores C, E e H saem a 375 na inteira, 187,50 na meia-entrada e idoso e 230 no ingresso solidário.

Os ingressos podem ser adquiridos através deste link. Nesta primeira leva, foram disponibilizados cinco mil ingressos.

Em sua nona temporada, a Fórmula E contará com uma importante novidade em 2023: a estreia dos carros Gen3, a nova geração de modelos da categoria, que promete maior velocidade. O grid ainda voltará a contar com 12 equipes, graças ao retorno da Abt, que foi parceira da Audi por muitos anos na F-E, e a estreia da McLaren, que assumirá as operações da Mercedes após a saída da montadora alemã no fim da temporada 2022 em agosto.

O ePrix de São Paulo marca o retorno da Fórmula E à América do Sul pela primeira vez desde janeiro de 2020, quando a categoria realizou sua última etapa em Santiago. Além da capital chilena, o mundial de carros elétricos já correu em Buenos Aires, na Argentina, e em Punta del Este, no Uruguai.

A etapa na capital paulista terá como base o Sambódromo do Anhembi, e deve utilizar uma versão modificada do traçado usado pela Indy na etapa realizada no começo dos anos 2010.

O ePrix de São Paulo será a sétima prova da temporada 2023, que começa em janeiro na Cidade do México, e que contará também com a estreia de Hyderabad, na Índia. O calendário conta ainda com três provas a serem confirmadas, sendo duas delas logo antes de São Paulo.

O que pode acontecer com a Red Bull em função da quebra do teto de gastos em 2021?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast: feitos da RBR podem ser 'manchados' por violação do teto de gastos?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Fórmula E: Vandoorne é anunciado na DS Penske e será companheiro de Vergne
Próximo artigo Fórmula E: Confira o traçado do ePrix de São Paulo, no Anhembi

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil