Rosenqvist é punido e Buemi vence corrida 2; di Grassi é 3º

Felix Rosenqvist recebe punição por quase ter batido em Nick Heidfeld, companheiro de equipe, e Sébastien Buemi herda vitória em segunda corrida do ePrix de Berlim

compartilhar
comentários
Rosenqvist é punido e Buemi vence corrida 2; di Grassi é 3º

Um erro bobo custou a segunda vitória seguida para Felix Rosenqvist em Berlim. Neste domingo (11), a Mahindra liberou o sueco de forma perigosa dos boxes, quase causando um acidente caseiro com Nick Heidfeld.

O deslize custou caro: a direção de prova puniu Rosenqvist com o acréscimo de dez segundos no tempo de volta do sueco, que cruzou a linha de chegada em primeiro. Quem levou a vitória, entretanto, foi Sébastien Buemi - a sexta do suíço em oito corridas realizadas.

Lucas di Grassi fez boa corrida mesmo sofrendo durante todo o final de semana com um ligamento rompido no tornozelo e tentou reduzir a desvantagem em relação a Rosenqvist para terminar com o segundo posto, mas não conseguiu e terminou com o terceiro lugar, completando o pódio.

Assim como no sábado, Nelsinho Piquet teve desempenho discreto e cruzou a linha de chegada em 12º.

Com os resultados deste domingo, Buemi segue na liderança do campeonato, chegando a 157 pontos. Di Grassi continua na vice-liderança, agora com 125 pontos.

Confira o resultado final da prova:

 

Rosenqvist larga na frente em Berlim; di Grassi é 7º

Artigo anterior

Rosenqvist larga na frente em Berlim; di Grassi é 7º

Próximo artigo

Rosenqvist: "Fiquei confuso por ter sido punido"

Rosenqvist: "Fiquei confuso por ter sido punido"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento ePrix de Berlim
Localização Ruas de Berlim
Pilotos Sébastien Buemi