Techeetah confirma Gutiérrez no lugar de Ma Qing Hua

Esteban Gutiérrez, até o ano passado na Fórmula 1, junta-se ao time de Jean-Éric Vergne até o final da terceira temporada da Fórmula E

Techeetah confirma Gutiérrez no lugar de Ma Qing Hua
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team
Ma Qing Hua, Techeetah
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team VF-16
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team

O nome de Esteban Gutiérrez vem sendo ligado à Fórmula E desde janeiro, quando já se dizia que o ex-piloto da Haas estrearia na categoria de carros elétricos no ePrix do México. Entretanto, não se sabia por qual equipe.

Gutiérrez esteve próximo de firmar um acordo com a Dragon Racing, mas foi confirmado pela Techeetah para substituir Ma Qing Hua e ser o companheiro de Jean-Éric Vergne pelo restante da terceira temporada da F-E.

O chinês, que não pontuou nenhuma vez em sete largadas, segue no time - que utiliza o conjunto motriz da Renault e.Dams - como piloto reserva.

"Estou muito feliz por me juntar à Techeetah, um time muito competitivo", disse Gutiérrez. "Após uma experiência incrível de quatro anos na Fórmula 1, agora dou um passo para o futuro do esporte a motor."

"Estou especialmente empolgado com a minha corrida de estreia, o ePrix do México. Espero proporcionar um bom espetáculo para esse público tão apaixonado", afirmou.

O mexicano participa das nove etapas restantes da terceira temporada com o time, com a expectativa de fazer a quarta temporada na íntegra. Ivan Yim, diretor da Techeetah, disse: "Estamos muito felizes em dar as boas-vindas a Esteban. Vamos prepará-lo da melhor maneira para a corrida em casa."

"Com os apaixonados fãs mexicanos esperando por nós na seção do 'estádio', a equipe está bastante motivada com o novo lineup de pilotos. É um campeonato desafiador, com tudo acontecendo em um dia só. Mas com estabilidade dentro do time, estamos prontos para dar o próximo passo e fortalecer a Techeetah."

A equipe ocupa atualmente o quinto lugar entre as equipes na terceira temporada da F-E, impulsionada pelo segundo lugar de Vergne no ePrix de Buenos Aires.

compartilhar
comentários
McLaren considera entrar na Fórmula E

Artigo anterior

McLaren considera entrar na Fórmula E

Próximo artigo

Paixão e muita grana: como o México ressurgiu nas pistas

Paixão e muita grana: como o México ressurgiu nas pistas
Carregar comentários