Fórmula 1
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Treino Livre 1 em
16 Horas
:
18 Minutos
:
57 Segundos
MotoGP
13 set
-
15 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
Próximo evento em
07 Horas
:
48 Minutos
:
57 Segundos
IndyCar
30 ago
-
01 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
Próximo evento em
07 Horas
:
48 Minutos
:
57 Segundos
NASCAR Cup
13 set
-
15 set
Evento encerrado
R
Richmond II
19 set
-
21 set
Evento em andamento . . .
Stock Car Brasil
13 set
-
15 set
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Próximo evento em
28 dias

Com Massa como estrela, filme Heroes estreia em julho; veja trailer

compartilhar
comentários
Por:
24 de mai de 2019 14:34

Encomendado pela Motorsport Network, longa será dirigido pelo roteirista de produção premiada sobre Ayrton Senna e tem Massa como protagonista

Um novo longa-metragem focado na vida de cinco lendas do automobilismo será lançado na semana que antecede o Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1, em julho. Heroes foi escrito e dirigido por Manish Pandey, que há 10 anos escreveu o roteiro do premiado Senna.

Este novo filme - encomendado pela Motorsport Network – reúne pilotos que contam suas histórias uns aos outros durante um dia e uma noite juntos em uma mansão inglesa. Os protagonistas são: Mika Hakkinen, bicampeão mundial de Fórmula 1; o brasileiro Felipe Massa, ex-piloto da Ferrari; o nove vezes vencedor de Le Mans, Tom Kristensen; e Michele Mouton, vice-campeã do Campeonato Mundial de Rally (WRC).

Leia também:


"Eu queria pilotos de diferentes idades e categorias juntos, mas em um local fora de sua zona de conforto", diz Pandey. "Quando você se intromete nesses personagens, você descobre - não importa qual seja o background deles - o quanto eles têm em comum”.

Embora as categorias sejam diferentes, as histórias que compartilham em dez capítulos do filme são muito semelhantes: seu amor pelas quatro rodas crescendo, seus grandes sucessos, fracassos, lutas pessoais e acidentes com risco de vida.

Complementando suas narrativas, há uma grande quantidade de material de arquivo, seja de suas coleções pessoais ou da extensa biblioteca da sede de TV da Fórmula 1 em Biggin Hill.

Heroes desenterrou alguns arquivos inéditos de corridas importantes como Jerez-1997 (primeira vitória de Mika Hakkinen), Interlagos-2008 (quando Felipe Massa perdeu o campeonato mundial para Lewis Hamilton) e Monza-2006 (quando a aposentadoria de Michael Schumacher foi anunciada). Dos 65 minutos de arquivo no filme, mais de três quartos dele é da biblioteca de F1.

"A produção de filmes é muito técnica e há sempre uma fórmula", diz Pandey, explicando os detalhes da produção. "Existem três atos. Depois de uma breve configuração, onde você é apresentado aos personagens, de repente, há uma reviravolta. Isso prepara você para a próxima jornada no filme antes do ato final, que é onde tudo muda”.

"Existem técnicas que você pode implementar. No entanto, os documentaristas têm a responsabilidade de contar a história de uma pessoa viva ou falecida porque ela precisa ser fiel à verdade”. O protagonista final da história é Michael Schumacher, que em algum momento de sua carreira trabalhou ou competiu contra os outros quatro pilotos do filme.

A primeira experiência de Hakkinen contra Schumacher foi em Macau, na F3, antes dos confrontos épicos de Suzuka no final dos anos 90 e início dos anos 2000. Já Massa teve sua grande chance como companheiro de equipe de Schumacher em 2006 e via o alemão como uma figura paterna.

Depois que derrotou Hakkinen no campeonato de kart Fórmula Nordic A-Class em 1985, Tom Kristensen correu ao lado de Schumacher em algumas corridas de Fórmula 3 - antes de encontrá-lo novamente na Corrida dos Campeões, evento organizado e dirigido por Michele Mouton.

"Ficou claro com os pilotos que tínhamos que, enquanto eles contavam as histórias de suas vidas, eles também poderiam iluminar um pouco as diferentes facetas de Michael", diz Pandey. "Todos os quatro têm Michael em comum e eu queria que ele fosse o quinto. Nos anos que se seguiram ao acidente de esqui, comecei a apreciar a imensidão do que ele conquistou na pista e o amor absoluto que o rodeava - especialmente na Ferrari”.

Próximo artigo
Autódromo do RJ se chamará Rio MotorPark e será construído por consórcio dos EUA

Artigo anterior

Autódromo do RJ se chamará Rio MotorPark e será construído por consórcio dos EUA

Próximo artigo

Confira agenda do fim de semana “dourado” do automobilismo na TV

Confira agenda do fim de semana “dourado” do automobilismo na TV
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Geral
Autor James Roberts