Morre o ex-piloto Bird Clemente aos 85 anos

Piloto paulistano é reconhecido como um dos maiores especialistas de Interlagos

Bird Clemente

Luto no automobilismo brasileiro. Morreu neste domingo (01), aos 85 anos, o ex-piloto Bird Clemente, um dos principais nomes do esporte a motor nacional. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Nascido em 23 de dezembro de 1937 em São Paulo, Bird recebeu este nome em homenagem ao almirante Richard Byrd, um dos pioneiros da exploração polar.

Leia também:

Aos 18 anos, iniciou o curso de Agrimensura na universidade Mackenzie na capital paulista, e foi ali que sua trajetória no esporte a motor começou, após conhecer Tito Lívio, cujo irmão, Eugênio Martins, competia em corridas de carro.

A partir dali, Bird iniciou sua trajetória no mundo do automobilismo, frequentando a célebre oficina de Cláudio Daniel Rodrigues, conhecido ponto de encontro dos fãs de corrida. 

Junto de seu grande amigo Luiz Pereira Bueno e João Batista Carneiro, a estreia de Bird nas corridas veio em 1957, na segunda edição das 1000 Milhas Brasileiras. A bordo de um Fiat Milecento, Clemente teve apenas a oportunidade de treinar com o carro, que acabou quebrando no começo da prova.

Esse foi o início de uma longa carreira para Bird, que é considerado um dos maiores especialistas da pista de Interlagos. Seu estilo de pilotagem era marcado pelo controle das derrapagens, algo que era visto como ousado pelos demais pilotos da época.

Após competir com carros Vemag e Simca em diversas provas, fez história ao se tornar o primeiro piloto profissional do país com um contrato com a Willys. 

Ao longo de sua trajetória no esporte, acumulou importantes vitórias em corridas pelo país como as Mil Milhas de 1973, em parceria com o irmão Nilson Clemente e as 24 Horas de Interlagos de 1970, também ao lado de Nilson.

Após se aposentar as pistas, Bird seguiu contribuindo com o automobilismo nacional, lançando em 2008 o livro "Entre ases e reis de Interlagos", que reconta a história do esporte a motor no país com um grande acervo de imagens.

Bird deixa a esposa, Maria Luiza, e quatro filhos: uma filha do primeiro casamento com Marise e dois filhos e uma filha do segundo casamento, com Maria Luiza. O velório no Cemitério Morumby será a partir de 10h30 desta segunda-feira e o sepultamento, às 17h.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast debate tensão interna na Mercedes e até quando Pérez 'sobrevive' na Red Bull

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte também do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Antoine Tessier é nomeado CEO do duPont Registry Group
Próximo artigo "Se sou Emerson Fittipaldi, é porque Bird Clemente pilotou carros", diz bicampeão mundial; veja outras homenagens

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil