Alonso anda pela primeira vez com carro 2019 da Indy

compartilhar
comentários
Galeria
Lista

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
1/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
2/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
3/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
4/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
5/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
6/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
7/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
8/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
9/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, Mc Laren

Fernando Alonso, Mc Laren
10/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, Mc Laren

Fernando Alonso, Mc Laren
11/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
12/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
13/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
14/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
15/16

Foto de: IndyCar

Fernando Alonso, Mc Laren

Fernando Alonso, Mc Laren
16/16

Foto de: IndyCar

10 de abr de 2019 11:30

Piloto espanhol faz dia de testes no Texas para testar acertos diferentes e se readaptar a circuitos ovais

Fernando Alonso testou pela primeira vez na última terça o carro da Indy com kit universal em sua configuração de 2019. O piloto tentará no fim de maio a Tríplice Coroa do automobilismo: adicionar a Indy 500 às suas vitórias nas 24 Horas de Le Mans e no GP de Mônaco de Fórmula 1.

Neste primeiro contato, o piloto espanhol tentou diferentes configurações para se adaptar ao novo kit aerodinâmico e seu novo motor Chevrolet. Se em 2017 a McLaren e Alonso competiram em Indy com a experiente equipe Andretti Autosport, desta vez a equipe britânica vai trabalhar com uma equipe de menos nome, a Carlin.

 

"Nós trabalhamos muito no simulador para explorar diferentes rotas e ver o que encontramos", disse Alonso depois de terminar o teste no Texas. "É uma situação desconhecida para nós, acreditamos em filosofias diferentes para o acerto e como preparar o carro. É o que estamos experimentando agora. Em Indianápolis, vamos ser capazes de aprofundar em tudo".

Leia também:

Alonso ainda não testou este novo kit aerodinâmico em Indianápolis, algo que ele deve fazer no próximo dia 24 de abril, no primeiro teste no Indianapolis Motor Speedway. "Eles dizem que este kit é mais complicado de dirigir, tem um pouco menos aderência", disse Alonso.

"Portanto, precisamos otimizar as configurações, mas isso dependerá um pouco das condições do vento, da temperatura e, o mais importante para mim, de como ele se comporta nas condições de tráfego. Quando você está sozinho é um pouco mais fácil, normalmente, mas no trânsito vai ser complicado ".

Depois de sua experiência em 2017, na qual Alonso esteve sempre entre os primeiros até que seu motor estourou, a possibilidade de obter a vitória em Indy é muito real e o piloto da McLaren se sente mais bem preparado do que quando tentou andar na Indy 500 pela primeira vez.

"Eu já conheço a corrida, o ambiente, tem coisas que na primeira vez que você vem e perde energia para aprender. Agora eu posso usar isso na classificação e na corrida, mas eu não quero dar nada como garantido. Quero começar do zero e fazer toda a preparação da maneira mais completa que puder."

"Ganhar as 500 Milhas depois de Le Mans é o que me falta."

Próximo artigo
Novo motor da Indy pode atrasar para atrair novo fabricante

Artigo anterior

Novo motor da Indy pode atrasar para atrair novo fabricante

Próximo artigo

F1, MotoGP, Indy e F-E: veja a agenda do automobilismo na TV brasileira neste fim de semana

F1, MotoGP, Indy e F-E: veja a agenda do automobilismo na TV brasileira neste fim de semana
Carregar comentários