Jimmie Johnson anuncia aposentadoria de campeonatos em tempo integral

Heptacampeão da NASCAR e que fez sua segunda temporada de Indy falou sobre seu futuro nesta segunda-feira

Jimmie Johnson, Chip Ganassi Racing Honda

Jimmie Johnson anunciou que deixará as corridas em tempo integral em 2023. O heptacampeão da NASCAR Cup Series se juntou à Chip Ganassi Racing na Indy em 2021.

Nas redes sociais esta manhã, a lenda de 47 anos declarou: “Eu não poderia ter pedido uma experiência melhor na IndyCar Series. Olhando para o futuro, não retornarei à IndyCar em tempo integral em 2023, mas continuarei procurando novas maneiras de me desafiar e participar de eventos da minha lista de desejos”.

Leia também:

Ele descreveu sua temporada como “divertida” com “altos e baixos”, e continuou: “Eu melhorei, mas percebi que o desafio é duas ou três vezes maior do que eu pensava!

“Tratava-se de uma experiência, não de resultados, e das amizades que construí, dos relacionamentos que formei. Não quero entrar em outra temporada completa se souber que não posso dar tudo de mim.

“Sinto que preciso deixar a poeira do ano baixar. Alguém me deu um conselho há algum tempo que você não deve tomar decisões que mudam a vida no calor do momento para descobrir o que eu quero fazer.”

Johnson declarou que seu patrocinar, a Carvana “quer me apoiar no que eu quiser fazer”, mas confirmou que não competirá em tempo integral em 2023.

“Não estou dizendo que estou fora de um carro de corrida e não competindo. Ainda tenho muito desejo de competir. Mas do ponto de vista de tempo integral e do que é necessário e da energia, esforço, tempo fora de casa – tudo o que faz todos os compromissos necessários para ser o seu melhor por uma temporada em tempo integral – eu não estou lá agora.

“Sinto que 2022 preenche tantas lacunas para mim e tive um tempo tão incrível que vou respirar fundo e pensar muito sobre como será 2023. Ainda estou trabalhando na minha lista de corridas para competir. As 24 Horas de Le Mans ainda estão lá para mim – eu amo corridas de carros esportivos, amo corridas de IndyCar, sempre fiquei curioso se poderia haver um evento off na NASCAR que pode servir para mim.

“Então, tudo isso ainda está em jogo e eu realmente antecipo correr em algum lugar no próximo ano. Felizmente eu tenho opções. Tive o melhor tempo na Chip Ganassi Racing e sei que Chip não quer me ver ir a lugar algum. Eu certamente estou olhando algumas opções. Tive um apoio incrível da Carvana e sei que enquanto estiver ao volante de um carro, tenho certeza de que eles querem continuar o relacionamento e estar lá para essa jornada e certamente quero agradecer aos fãs por todo seu apoio.

“Mais uma vez, isso não é um adeus. Vou encontrar alguns novos projetos e continuar a encontrar novas maneiras de me desafiar.”

BEBEDEIRA e ZOEIRA: Rubinho e Massa citam Kimi, Schumi e Alonso como PARÇAS. Mas quem são os CHATOS?

Podcast #196 - Após recorde, qual Alonso ficará para a história da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Herta aguarda decisão da FIA sobre superlicença e diz que não quer entrar como uma "exceção"
Próximo artigo Indy anuncia calendário de 17 corridas para temporada de 2023

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil