Kanaan quer mais uma Indy 500; Chip Ganassi parece disposto a dar chance

Brasileiro celebrou terceiro lugar e não escondeu o desejo de ter mais uma oportunidade para o bi

Kanaan quer mais uma Indy 500; Chip Ganassi parece disposto a dar chance
Carregar reprodutor de áudio

Tony Kanaan, que terminou em terceiro lugar em sua 21ª Indy 500, disse que gostaria de mais uma chance, enquanto o dono da equipe, Chip Ganassi, deu a entender que estaria interessado.

Com Jimmie Johnson optando por fazer a temporada completa de 2022, a Ganassi trouxe de volta Kanaan para um programa exclusivo da Indy 500. O vencedor de 2013 se classificou em sexto e terminou em terceiro.

Leia também:

Questionado sobre o que Kanaan trouxe para a equipe, Ganassi respondeu: “Fizemos dele o vice-presidente de entretenimento. E ele também pode correr, sim. Ele ainda pode vencer esta corrida. Você viu hoje com seu desempenho.

“Kanaan é um veterano astuto. Ele conhece os caminhos deste lugar, sem dúvida. Então ainda não vamos expulsá-lo.”

Solicitado a confirmar que ainda haveria um lugar para ele, Ganassi sorriu: “Eu disse, ainda não vamos expulsá-lo”.

O próprio Kanaan comentou depois: “Foi um ótimo mês. É corrida única para mim. Não tenho palavras para agradecer a equipe. Estou orgulhoso. Sentado no carro quando a bandeira vermelha estava lá, ouvindo a multidão torcendo por mim, esse lugar nunca para de me surpreender. É uma ótima sensação. Dei tudo de mim.”

Questionado sobre seu futuro, Kanaan comentou: “Não depende de mim. Eu disse isso, eu queria fazer isso mais uma vez. Agora está bem aberto. Eu tenho um ano para tentar descobrir isso. Mas, sim, quero dizer, mesmo se eu disser que o próximo ano será o próximo, você vai me fazer essa pergunta. Eu posso desistir, mas eu ainda posso querer voltar.

Kanaan quis voltar à Indy este ano para correr com casa cheia mais uma vez, depois que as restrições da Covid-19 significavam que a prova de 2020 era um evento sem público, enquanto no ano passado o IMS foi permitido apenas 40% da capacidade. Com a conversa de correr novamente em 2023, Kanaan riu: “Vou dar outra desculpa agora!”

Ele continuou: “Fiquei muito emocionado na volta após o término da corrida, conversando com a equipe. Eu sei que meus dias estão contados. Eu tenho um plano, como eu disse. Acho que o próximo ano será provavelmente, se eu conseguir fazer acontecer, será realmente o último. A partir de agora, este foi o último…

“Obviamente para voltar aqui, principalmente nos últimos dois anos com o time em que estou, se não estiver lá, vou avaliar minhas chances. Não quero estar aqui apenas para participar. Já fiz isso muitas vezes. Então, se eu tiver mais uma chance, vamos tentar.”

VÍDEO: Sérgio Maurício fala de polêmicas recentes

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #179: O que Hamilton e Russell podem conseguir com melhora da Mercedes?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
Indy: ex-F1, Marcus Ericcson vence as 500 Milhas de Indianápolis
Artigo anterior

Indy: ex-F1, Marcus Ericcson vence as 500 Milhas de Indianápolis

Próximo artigo

ANÁLISE - Marcus Ericsson: de piloto pagante da F1 a 'escolhido' de Indianápolis

ANÁLISE - Marcus Ericsson: de piloto pagante da F1 a 'escolhido' de Indianápolis