Pipo Derani fará teste na Indy pela equipe Schmidt Peterson

Vencedor das 24 Horas de Daytona e das 12 Horas de Sebring em 2016, brasileiro testará carro no dia 1º de março

Pipo Derani fará teste na Indy pela equipe Schmidt Peterson
Luis Felipe Derani, Tequila Patrón ESM
#2 Tequila Patrón ESM Nissan DPi: Scott Sharp, Ryan Dalziel, Luis Felipe Derani, Brendon Hartley
Carregar reprodutor de áudio

Aos 23 anos de idade e com contrato para fazer as primeiras três etapas do WEC no Ford GT da equipe Chip Ganassi, Pipo Derani terá no dia 1º de março a chance de testar pela primeira vez um carro de IndyCar.

Vencedor das 24 Horas de Daytona e das 12 Horas de Sebring no último ano, Pipo testará pela equipe Schmidt Peterson ao lado do atual campeão da AutoGP, Luis Michael Dorrbecker. O time corre atualmente na Indy com o canadense James Hinchcliffe e o russo Mikhail Aleshin.

Co-proprietário da equipe, Sam Schmidt disse ao Motorsport.com: "Na verdade, testamos o Pipo há três ou quatro anos na Indy Lights e o achamos um excelente jovem piloto, mas não conseguimos fazer o negócio para a Lights. Ele foi parar nos carros esportivos e provou seu valor.”

"Eu tive relação com Ed Brown (da ESM Racing, ex-time de Derani) por 15 anos, então quando ele começou o acordo com Pipo, disse que eu achava que iria dar certo para ele - o que aconteceu. Mas Pipo sempre quis correr de fórmula.”

"Se você pensar nisso, pode ser como ocorreu com Simon (Pagenaud). Ele começou nos fórmula, ganhou maturidade e experiência em carros esportivos e voltou muito forte.”

"Essa será uma ótima oportunidade de testá-lo, com quase todos testando em Sebring em 28 de fevereiro. A pista estará disponível também em 1º de março. Temos grandes esperanças tanto para Pipo quanto para Dorrbecker. Queremos olhar para o futuro."

Perguntado se esse futuro poderia ser nesta temporada, já que a Schmidt pode ter um terceiro carro, ele disse: "Possivelmente. Ambos os rapazes adorariam correr neste ano, então talvez possamos pensar em duas ou três corridas depois de Indy. Gostaríamos de tê-los em pistas mistas para facilitar o programa.”

A Schmidt Petereson ainda tem um carro vago para as 500 Milhas de Indianápolis deste ano.

compartilhar
comentários
KV confirma fechamento e venda de equipamentos
Artigo anterior

KV confirma fechamento e venda de equipamentos

Próximo artigo

Após testes, Derani espera oportunidade "certa" na Indy

Após testes, Derani espera oportunidade "certa" na Indy