Fórmula 1
07 ago
Treino Classificatório em
01 Horas
:
00 Minutos
:
21 Segundos
Fórmula E IndyCar
17 jul
Evento encerrado
NASCAR Cup
02 ago
Evento encerrado
R
Michigan II
07 ago
Postponed
Stock Car Brasil
24 jul
Evento encerrado
R
Interlagos - Corrida do Milhão
21 ago
Próximo evento em
12 dias
MotoGP

Davidson critica pontuação dupla dada às 24H de Le Mans

compartilhar
comentários
Davidson critica pontuação dupla dada às 24H de Le Mans
Por:
7 de jun de 2017 21:45

Piloto da Toyota não gosta de ver uma corrida rendendo mais pontos do que as demais: “Prestígio por vencer Le Mans é prêmio grande o suficiente”

Anthony Davidson, da Toyota, afirmou que descartaria a pontuação dupla dada pelo WEC às 24 Horas de Le Mans.

Os pilotos recebem 50 pontos na prova mais importante do ano, em vez dos 25 que são dados às demais corridas de seis horas de duração do campeonato. Isso faz com que a corrida na França tenha um peso grande na decisão do título.

Davidson, campeão do WEC em 2014 apesar de não vencer em Le Mans, acredita que a vitória na prova francesa já é uma recompensa grande o suficiente, de modo que não seria necessário introduzir uma pontuação diferente.

“Não sou um fã de pontuação dupla e odeio o fato de que Le Mans dá pontos em dobro. O prestígio por vencer Le Mans é prêmio grande o suficiente”, disse o ex-piloto da F1 ao Motorsport.com.

“Eu também não gosto da ideia de uma corrida ser mais importante do que todas as outras. Nós trabalhamos tão duro quanto nas demais corridas. Se eu pudesse fazer do meu jeito, me livraria da pontuação dupla.”

Mudanças no calendário

Os organizadores do WEC estão considerando a possibilidade de encerrar a temporada de 2018 com uma corrida que seja mais longa do que as usuais seis horas, uma proposta que agradaria a Davidson.

“Não tenho nada contra uma corrida mais longa. No fim das contas, é uma corrida de resistência. Eu estava acostumado a fazer as 12 Horas de Sebring, e esse tipo de corrida é legal.”

Davidson acrescentou preferiria ver Silverstone, que normalmente abre as temporadas do WEC, sendo realizada durante o verão inglês.

“A única coisa que eu mudaria no ano é colocar Austin em outra época que seja mais fria, porque correr naquelas condições é um pesadelo. Se fosse minha escolha, eu trocaria Austin por Silverstone. Abriríamos o ano em Austin e iríamos a Silverstone em agosto, quando o clima estará melhor e trará mais fãs.”

Gavin: LMP2 mais velozes soam como "se tivéssemos 30 LMP1"

Artigo anterior

Gavin: LMP2 mais velozes soam como "se tivéssemos 30 LMP1"

Próximo artigo

Le Mans adota slow zones fixas para edição de 2017

Le Mans adota slow zones fixas para edição de 2017
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Le Mans
Pilotos Anthony Davidson
Autor Jamie Klein