Após ausência, Luthi vence em Silverstone; Morbidelli é 2º

Thomas Luthi, que não correu em Brno após forte acidente, voltou com tudo e venceu o GP da Grã-Bretanha; Johann Zarco tirou Sam Lowes da pista e foi punido, saindo zerado de Silverstone

Após ausência, Luthi vence em Silverstone; Morbidelli é 2º

Grã-Bretanha; Johann Zarco tirou Sam Lowes da pista e foi punido, saindo zerado de Silverstone
Thomas Luthi pode utilizar a máxima ‘nada como um dia após o outro’ – no caso, nada como uma corrida após a outra. O suíço, que sofreu um forte acidente na classificação em Brno e não participou do GP da República Tcheca, voltou no GP da Grã-Bretanha, realizado neste domingo (4), e venceu a prova.

A disputa pela vitória envolvia Luthi, Johann Zarco e Sam Lowes. A quatro voltas do fim, porém, Zarco jogou Lowes para fora da pista, deixando o britânico inconformado. A direção de prova considerou o francês culpado pelo incidente e puniu Zarco com 30 segundos no tempo de corrida – com isso, o líder do campeonato caiu para 22º.

Quem sorriu com isso foi Álex Rins. Sétimo colocado em Silverstone, o espanhol reduziu a vantagem de Zarco para apenas dez pontos (181 a 171). O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli se aproveitou da confusão entre Zarco e Lowes para terminar em segundo, com Takaaki Nakagami em terceiro.

A corrida

Lowes partiu bem, mas Folger largou melhor ainda e assumiu a liderança, com Zarco em terceiro. Enquanto isso, Isaac Viñales caiu e abandonou. No trecho mais sinuoso da pista, no último setor da primeira volta, o britânico retomou a ponta.

Na abertura da segunda volta, Zarco chegou a roubar o segundo posto de Folger, mas o alemão deu o troco. O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli era o sexto colocado, logo atrás de Álex Márquez. Já Álex Rins, vice-líder do campeonato, seguia lá atrás, na 20ª posição.

A quinze voltas do fim, Morbidelli partiu para o ataque e subiu para a terceira posição, atrás apenas do líder Lowes e de Zarco. No giro seguinte, Márquez caiu sozinho na curva 14, mas retornou à disputa.

A doze voltas do fim, quem aparecia forte era Thomas Luthi, que superou Folger e Morbidelli para assumir a terceira posição e partir para cima de Zarco. Na volta seguinte, o suíço não somente superou o francês como deixou Lowes para trás, assumindo a ponta da prova.

Lowes parecia perder rendimento na fase final da prova, sendo ultrapassado por Morbidelli e caindo para quarto. Faltando nove voltas para o fim, o britânico retomou a terceira posição do ítalo-brasileiro e apertou o ritmo para buscar o segundo lugar de Zarco.

Um pouco mais atrás, Rins vinha se recuperando aos poucos e subia para a décima posição a oito voltas do fim. Na frente, disputa indefinida entre Luthi, Zarco e Lowes. O britânico parecia ter mais velocidade do que o francês, mas não conseguia superar o líder do campeonato.

A quatro voltas do final da prova, Lowes tentou partir para cima de Zarco e se deu mal: os dois se tocaram na curva 16 e Lowes caiu, perdendo várias posições para o desespero dele e da torcida britânica – o incidente passou para investigação dos comissários de prova.

Com isso, Luthi ficou com caminho livre para vencer com tranquilidade o GP da Grã-Bretanha. Takaaki Nakagami vinha em segundo na última volta, mas Morbidelli arriscou tudo e superou o japonês para terminar com o segundo posto. Para Nakagami, restou o terceiro lugar.

No fim, a direção de prova puniu Zarco com um acréscimo de 30 segundos no tempo de prova pelo incidente com Lowes. O francês caiu para 22º na classificação final e sai zerado de Silverstone.

Rins, que esteve longe de apresentar uma performance competitiva em Silverstone, saiu no lucro com a punição a Zarco, terminando em sétimo e reduzindo a desvantagem em relação a Zarco para dez pontos - 181 a 171 para o francês.

Confira o resultado final:

Pos. Pontos Num. Piloto Equipe Moto Tempo/Dif.
1 25 12 Thomas LUTHI Garage Plus Interwetten Kalex 38'49.473
2 20 21 Franco MORBIDELLI Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex +0.856
3 16 30 Takaaki NAKAGAMI IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1.179
4 13 55 Hafizh SYAHRIN Petronas Raceline Malaysia Kalex 1.359
5 11 94 Jonas FOLGER Dynavolt Intact GP Kalex 1.970
6 10 7 Lorenzo BALDASSARRI Forward Team Kalex 5.292
7 9 40 Alex RINS Paginas Amarillas HP 40 Kalex 7.962
8 8 24 Simone CORSI Speed Up Racing Speed Up 8.421
9 7 54 Mattia PASINI Italtrans Racing Team Kalex 8.556
10 6 49 Axel PONS AGR Team Kalex 13.740
11 5 23 Marcel SCHROTTER AGR Team Kalex 15.381
12 4 11 Sandro CORTESE Dynavolt Intact GP Kalex 16.089
13 3 97 Xavi VIERGE Tech 3 Racing Tech 3 16.564
14 2 60 Julian SIMON QMMF Racing Team Speed Up 22.155
15 1 52 Danny KENT Leopard Racing Kalex 22.190
16   19 Xavier SIMEON QMMF Racing Team Speed Up 27.892
17   2 Jesko RAFFIN Sports-Millions-EMWE-SAG Kalex 29.045
18   14 Ratthapark WILAIROT IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 29.195
19   27 Iker LECUONA CarXpert Interwetten Kalex 31.565
20   87 Remy GARDNER Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 31.722
21   22 Sam LOWES Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 32.701
22   5 Johann ZARCO Ajo Motorsport Kalex 35.232
23   57 Edgar PONS Paginas Amarillas HP 40 Kalex 38.296
24   70 Robin MULHAUSER CarXpert Interwetten Kalex 38.716
25   73 Alex MARQUEZ Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex 44.146
Não completaram
    10 Luca MARINI Forward Team Kalex 1 volta
    44 Miguel OLIVEIRA Leopard Racing Kalex 7 voltas
    32 Isaac VIÑALES Tech 3 Racing Tech 3 0 voltas

 

compartilhar
comentários
Lowes bate Zarco no fim e larga na frente na Grã-Bretanha
Artigo anterior

Lowes bate Zarco no fim e larga na frente na Grã-Bretanha

Próximo artigo

Sem adversários, Zarco é pole em Misano

Sem adversários, Zarco é pole em Misano
Carregar comentários