Bagnaia e Petrucci criticam MotoGP por manter corrida após morte de Dupasquier: "Me sinto sujo"

Pilotos afirmaram que ninguém conversou com eles sobre a possibilidade de cancelar a prova, afirmando que a decisão foi unilateral

Bagnaia e Petrucci criticam MotoGP por manter corrida após morte de Dupasquier: "Me sinto sujo"

Apesar da morte de Jason Dupasquier, piloto da Moto3, ter abalado todo o paddock do Mundial de Motovelocidade, a Dorna Sports optou por manter a programação do domingo, realizando as corridas de suas categorias. Para Francesco Bagnaia, piloto da Ducati, a decisão de dar continuidade ao GP da Itália de MotoGP "não foi correta", sendo algo "difícil de aceitar".

A morte de Dupasquier, que não sobreviveu ao acidente sofrido durante a classificação da Moto3 no sábado, foi confirmada após a prova da Moto3 e minutos antes da largada da Moto2.

Leia também:

Um momento de silêncio foi realizado em tributo ao piloto antes da prova da MotoGP, mas tanto a prova da categoria rainha quanto da Moto2 foram realizadas normalmente.

Bagnaia, que liderou a primeira volta antes de cair na segunda, disse que não queria correr e questiona se o GP da Itália teria sido levado adiante se fosse um piloto da MotoGP que tivesse morrido em vez de um da Moto3.

"Se ontem já foi difícil, hoje foi impossível. Eu comecei bem, estava na frente, mas terminar em primeiro ou último hoje, não mudaria nada. Talvez seja um dos piores dias da minha vida. Não curti nada hoje".

"Eu pedi para não corrermos hoje, pra mim não era correto. Acho que se fosse um piloto da MotoGP, não teríamos corrido. Então não estou feliz com hoje. Não estou feliz com a decisão de alguém que nos fez correr depois de uma notícia dessas".

"Não importa que eu tenha caído, estou apenas pensando nele [Dupasquier] e sua família. Perdemos um piloto de 19 anos, então é muito difícil aceitar e é muito difícil aceitar que alguém decidiu que iríamos correr".

Danilo Petrucci, da Tech3, ecoou os comentários de Bagnaia, admitindo que se sentiu "sujo" por correr após um incidente fatal, enquanto ninguém chegou a falar com os pilotos sobre potencialmente cancelar a prova.

"Hoje, em primeiro lugar, foi uma corrida muito, muito difícil, mas não pelo lado desportivo. Do lado humano, não me sinto limpo".

Danilo Petrucci, KTM Tech3

Danilo Petrucci, KTM Tech3

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

"Estamos correndo na mesma pista onde 24 horas atrás pessoas como nós morreram e para mim isso não é boa. Mas eu não estava em posição para dizer que deveríamos parar e estava me sentindo sujo por fazer isso".

"Pensando em pessoas como nós, um piloto como eu, que não está mais entre nós. Ninguém perguntou, não houve uma reunião para falar disso, para analisarmos se era correto seguir fazendo isso".

"Ninguém nos perguntou. E hoje, já estava feito, a parte mais difícil. Porque ontem, quando você vê um corpo na pista, você tem o mesmo macacão e após três minutos o pitlane foi aberto e você precisa passar por um local onde um piloto talvez tenha morrido".

Valentino Rossi admite que uma situação como essa faz com que um piloto questione a necessidade de correr, mas destaca que não correr não muda o que aconteceu.

"Hoje foi muito difícil porque, após o que aconteceu com Jason ontem, a pergunta é por que corremos? Tudo perde sentido. Acho que não faz sentido também não correr porque infelizmente o que fazemos hoje não muda o que aconteceu com Jason ontem".

"Mas, de qualquer modo, foi muito ruim, muito difícil".

Companheiro de Rossi na Petronas SRT, Franco Morbidelli ecoou os comentários do italiano, admitindo que é uma situação que infelizmente deve acontecer no esporte novamente.

"Não é a primeira vez que acontece, e não será a última. Precisamos seguir em frente, precisamos fazer nosso esporte. Infelizmente de vez em quando a vida é horrível, parece uma merda".

"Mas precisamos seguir em frente porque a vida é assim. É assim que sobrevivo a esses momentos".

CONHEÇA a SAGA da roda de BOTTAS que causou MAIOR 'pit stop' da HISTÓRIA da F1 e envolveu FERRARI

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O que a liderança inédita de Verstappen representa na F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP - Márquez explica queda em Mugello e lamenta morte de Dupasquier: "Golpe duro"
Artigo anterior

MotoGP - Márquez explica queda em Mugello e lamenta morte de Dupasquier: "Golpe duro"

Próximo artigo

MotoGP: Ducati deve fechar acordos com VR46 e Gresini e alinhar oito motos no grid em 2022

MotoGP: Ducati deve fechar acordos com VR46 e Gresini e alinhar oito motos no grid em 2022
Carregar comentários