MotoGP - Márquez explica queda em Mugello e lamenta morte de Dupasquier: "Golpe duro"

Hexacampeão assumiu a culpa pelo toque em Brad Binder que terminou com sua queda, a segunda consecutiva

MotoGP - Márquez explica queda em Mugello e lamenta morte de Dupasquier: "Golpe duro"

Marc Márquez sofreu uma nova queda na MotoGP neste domingo (30), agora no começo do GP da Itália em Mugello. E segundo o hexacampeão, cair e ficar no meio da pista "não era o melhor", principalmente após a morte de Jason Dupasquier.

Márquez não chegou nem a completar a segunda volta, caindo e abandonando. Ele tentou ultrapassar um rival, teve um pequeno toque e acabou caindo ainda no meio da pista. Com sorte, os pilotos que vinham atrás puderam desviar do espanhol, principalmente Franco Morbidelli, que teve que sair fora da pista para evitá-lo, acabando com sua prova.

Leia também:

"Tive um toque com Brad Binder, foi algo de corrida, mas se é para culpar alguém, nesse caso sou eu".

"Eu vinha por trás, tentei ultrapassá-lo na curva dois, estávamos nessa chicane onde vários pilotos caíram e acabei caindo. Fique com a sensação do warm up, e com uma primeira volta em que, pela primeira vez, me via mais em condições de atacar do que de me defender. Claro, a corrida seria longa, mas teríamos dado um passo".

"Entendi algumas coisas e a sorte é que voltamos a correr já na próxima semana e estarei mais relaxado porque não completei a corrida hoje. Agora é seguir trabalhando com a equipe".

Embora a ameaça de pausar o retorno para focar na recuperação siga sendo uma opção, Márquez garantiu que estará em Barcelona na sexta.

"Estarei em Barcelona na sexta com certeza, principalmente por não ter corrido hoje. Foi uma queda solta, mas fiquei no meio da pista e hoje não era o melhor dia para isso", disse Márquez em referência a Dupasquier.

"Em Montmeló vamos competir mais. É difícil para mim falar porque, quando lembro da minha queda, Dupasquier me vem à cabeça. É um dia triste para o Mundial. O dia não foi ruim para mim, mas é um desastre para todo o motociclismo".

Márquez falou sobre o desafio de correr poucas horas após a confirmação da morte do jovem suíço.

"Faz parte do risco que corremos na pista. Muitas vezes queremos esquecer, não queremos ver, mas essas coisas acontecem. Felizmente, acontecem cada vez menos. Você percebe o que está em jogo toda vez que sai da garagem".

"Quanto ao motivo de não haver muitas pessoas no mundo capazes de pilotar a essas velocidades, existe um risco. São golpes duros que te fazem pensar em muitas coisas e agora mandamos nossas forças para a família, amigos e equipe de Dupasquier".

CONHEÇA a SAGA da roda de BOTTAS que causou MAIOR 'pit stop' da HISTÓRIA da F1 e envolveu FERRARI

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O que a liderança inédita de Verstappen representa na F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Bastianini explica batida "doida" com Zarco antes da largada em Mugello

Artigo anterior

MotoGP: Bastianini explica batida "doida" com Zarco antes da largada em Mugello

Próximo artigo

Bagnaia e Petrucci criticam MotoGP por manter corrida após morte de Dupasquier: "Me sinto sujo"

Bagnaia e Petrucci criticam MotoGP por manter corrida após morte de Dupasquier: "Me sinto sujo"
Carregar comentários