Crutchlow detona pilotos ausentes em reuniões de segurança

Após fatalidade com Luis Salom, Cal Crutchlow critica ausências de pilotos nas reuniões da Comissão de Segurança

Crutchlow detona pilotos ausentes em reuniões de segurança
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Jack Miller, Marc VDS Racing Honda
Jack Miller, Marc VDS Racing Honda

O britânico Cal Crutchlow criticou os pilotos que não costumam participar dos encontros da Comissão de Segurança da MotoGP. Em Assen, apenas três pilotos do atual grid não fizeram parte da reunião que aconteceu na sexta-feira, na qual foram discutidas alterações no circuito de Barcelona, palco do acidente fatal com o espanhol Luis Salom no GP da Catalunha. 

Ainda que o quórum em Assen tenha aumentado bastante em relação à reunião na Espanha, na qual apenas 10 pilotos compareceram (Valentino Rossi e Jorge Lorenzo notadamente não estavam), Crutchlow mostrou seu descontentamento pelo fato de alguns pilotos ainda não estarem presentes. 

 “Todos opinam na reunião, com exceção daqueles que nunca aparecem. Mesmo nessa semana, alguns caras não apareceram. Existem alguns pilotos da MotoGP que nunca dão as caras, normalmente aqueles que andam mais atrás", disse o piloto da equipe LCR Honda. 

"Mas no fim do dia, eles são também aqueles que reclamam da pista se a gente faz alguma modificação. Talvez eles estejam muito ocupados para comparecer, mas eu duvido".

Crutchlow também apelou para que pilotos da Moto2  e Moto3 participem das futuras reuniões.

"A Comissão de Segurança está aberta à Moto2 e Moto3. Eles nunca vêm, ninguém aparece. Nunca vi nenhum deles por aqui. É algo que eles deveriam fazer pois no final do dia isso pode beneficiá-los também. Eles são o futuro da MotoGP e têm o direito de falar tanto quando Valentino Rossi".  

 

compartilhar
comentários
Laverty diz que só fica na MotoGP se tiver moto competitiva
Artigo anterior

Laverty diz que só fica na MotoGP se tiver moto competitiva

Próximo artigo

Em Misano, Stoner testa Ducati de 2016 pela primeira vez

Em Misano, Stoner testa Ducati de 2016 pela primeira vez
Carregar comentários