Espanhol diz que Rossi ainda não o perdoou por vitória incrível em 2006

Toni Elias diz que lenda da MotoGP ainda acusa golpe por derrota no GP de Portugal de 2006, que acabou custando título da MotoGP daquele ano

Espanhol diz que Rossi ainda não o perdoou por vitória incrível em 2006

O GP de Portugal de 2006 teve o final mais apertado da era da MotoGP, quando o piloto da Gresini Honda, Toni Elias levou a melhor sobre Valentino Rossi por apenas 0s002.

Os cinco pontos que Rossi perdeu se mostraram cruciais duas semanas depois em Valência, onde o italiano caiu e, posteriormente, perdeu o título para Nicky Hayden por cinco pontos.

Se tivesse triunfado em Estoril, Rossi conquistaria o sexto título consecutivo, tendo vencido cinco vezes naquele ano, contra uma de Hayden.

Leia também:

Elias, atualmente representando a Suzuki, acredita que Rossi ainda não superou a derrota 14 anos depois.

"Quando me reuni com Valentino e o vejo em Austin todos os anos, pude ver que ele ainda tem isso em seu coração, ele não me perdoou", disse Elias recentemente ao DAZN da Espanha.

"Acabou, é hora de ser amigo, mas não é possível, ele é tão competitivo que está preso a isso, nunca me perdoará.”

"Para mim é o contrário, o venci um dia, mas o considerei o melhor piloto de todos os tempos até recentemente, porque agora o melhor é Marc Márquez."

Podium: Race winnner Toni Elias, Fortuna Honda, second place Valentino Rossi, Yamaha, third place Kenny Roberts, Jr., Team Roberts

Podium: Race winnner Toni Elias, Fortuna Honda, second place Valentino Rossi, Yamaha, third place Kenny Roberts, Jr., Team Roberts

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

A corrida do Estoril acabou sendo a única vitória de Elias na MotoGP, já que a Gresini sofreu quando o campeonato mudou para motos de 800cc em 2007.

Ele conquistou mais quatro pódios - dois na Gresini e dois na Pramac Ducati - antes de passar para a Moto2 e vencer o título de 2010, seguido por uma temporada decepcionante na classe superior com a LCR Honda em 2011.

Relembrando as circunstâncias de sua vitória, Elias disse: "A Michelin nos trouxe um pneu novo para essa corrida no sábado. Consegui melhorar meu ritmo em sete décimos e lutar pela vitória.”

"Agradeci a ajuda da Michelin, embora fiquei tenha ficado muito zangado ao descobrir que este pneu, com uma carcaça mais macia, foi o usado pelos principais pilotos durante toda a temporada e que eles só nos deram na penúltima corrida do ano.”

A vitória de Elias em Estoril também foi a última vez que uma equipe satélite venceu uma corrida na categoria rainha até o triunfo de Jack Miller no TT da Holanda, quase 10 anos depois.

"Um piloto de satélite nunca vai ganhar um campeonato mundial, é política", disse Elias. "Não é possível, não serve para os patrocinadores da fábrica. Mesmo que uma fábrica assine um contrato com você e forneça o mesmo material, isso nunca acontecerá.”

"Um dia Cal Crutchlow vai se aposentar e ele poderá falar como eu agora, e poderá explicar que nunca terá uma moto como a de fábrica."

GALERIA: A trajetória de Valentino Rossi no Mundial de Motovelocidade

1996 (125cc) - 9º no mundial (1 vitória), 111 pontos
1996 (125cc) - 9º no mundial (1 vitória), 111 pontos
1/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1997 (125cc) - Campeão (11 vitórias), 321 pontos
1997 (125cc) - Campeão (11 vitórias), 321 pontos
2/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1998 (250cc) - Vice-campeão (5 vitórias), 201 pontos
1998 (250cc) - Vice-campeão (5 vitórias), 201 pontos
3/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1998, GP de Imola (250cc)
1998, GP de Imola (250cc)
4/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1999 (250cc) - Campeão (9 vitórias), 309 pontos
1999 (250cc) - Campeão (9 vitórias), 309 pontos
5/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1999, GP da Itália (250cc)
1999, GP da Itália (250cc)
6/42

Foto de: Aprilia Racing

1999, GP de Imola (250cc)
1999, GP de Imola (250cc)
7/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2000 - Vice-campeão (2 vitórias), 209 pontos
2000 - Vice-campeão (2 vitórias), 209 pontos
8/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2001 - Campeão (11 vitórias), 325 pontos
2001 - Campeão (11 vitórias), 325 pontos
9/42

Foto de: Marlboro Yamaha Team

2001, GP da Itália
2001, GP da Itália
10/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2002 - Campeão (11 vitórias), 355 pontos
2002 - Campeão (11 vitórias), 355 pontos
11/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2003 - Campeão (9 vitórias), 357 pontos
2003 - Campeão (9 vitórias), 357 pontos
12/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2003, GP de Valência
2003, GP de Valência
13/42

Foto de: Richard Sloop

2004 - Campeão (9 vitórias), 304 pontos
2004 - Campeão (9 vitórias), 304 pontos
14/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005 - Campeão (11 vitórias), 367 pontos
2005 - Campeão (11 vitórias), 367 pontos
15/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005, GP dos EUA
2005, GP dos EUA
16/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005, GP de Valência
2005, GP de Valência
17/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2006 - Vice-campeão (5 vitórias), 247 pontos
2006 - Vice-campeão (5 vitórias), 247 pontos
18/42

Foto de: Camel Media Service

2007 - 3º no mundial (4 vitórias), 241 pontos
2007 - 3º no mundial (4 vitórias), 241 pontos
19/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2007, GP da Holanda
2007, GP da Holanda
20/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2007, GP da Austrália
2007, GP da Austrália
21/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2008 - Campeão (9 vitórias), 373 pontos
2008 - Campeão (9 vitórias), 373 pontos
22/42

Foto de: Bob Heathcote

2008, GP da Catalunha
2008, GP da Catalunha
23/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2009 - Campeão (6 vitórias), 306 pontos
2009 - Campeão (6 vitórias), 306 pontos
24/42

Foto de: Bridgestone Corporation

2009, GP de Portugal
2009, GP de Portugal
25/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2010 - 3º no mundial (2 vitórias), 233 pontos
2010 - 3º no mundial (2 vitórias), 233 pontos
26/42

Foto de: Bridgestone Corporation

2010, GP dos EUA e de Indianápolis
2010, GP dos EUA e de Indianápolis
27/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2011 - 7º no mundial (0 vitórias), 139 pontos
2011 - 7º no mundial (0 vitórias), 139 pontos
28/42

Foto de: Ducati Corse

2012 - 6º no mundial (0 vitórias), 163 pontos
2012 - 6º no mundial (0 vitórias), 163 pontos
29/42

Foto de: Ducati Corse

2013 - 4º no mundial (1 vitória), 237 pontos
2013 - 4º no mundial (1 vitória), 237 pontos
30/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2014 - Vice-campeão (2 vitórias), 295 pontos
2014 - Vice-campeão (2 vitórias), 295 pontos
31/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2015 - Vice-campeão (4 vitórias), 325 pontos
2015 - Vice-campeão (4 vitórias), 325 pontos
32/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2016 - Vice-campeão (2 vitórias), 249 pontos
2016 - Vice-campeão (2 vitórias), 249 pontos
33/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2017 - 5º no mundial (1 vitória), 208 pontos
2017 - 5º no mundial (1 vitória), 208 pontos
34/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2018 - 3º no mundial (0 vitórias), 198 pontos
2018 - 3º no mundial (0 vitórias), 198 pontos
35/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2019 - 7º no mundial
2019 - 7º no mundial
36/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Corridas disputadas: 341 (apenas na MotoGP) / 402 (total)
Corridas disputadas: 341 (apenas na MotoGP) / 402 (total)
37/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Vitórias na MotoGP: 89
Vitórias na MotoGP: 89
38/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Pódios na MotoGP: 198
Pódios na MotoGP: 198
39/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Pontos conquistados: 5.297
Pontos conquistados: 5.297
40/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Etapa com maior número de vitórias: GP da Holanda, em Assen, com 8 vitórias
Etapa com maior número de vitórias: GP da Holanda, em Assen, com 8 vitórias
41/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Vitórias no GP do Rio de Janeiro em Jacarepaguá: 6
Vitórias no GP do Rio de Janeiro em Jacarepaguá: 6
42/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

4 vitórias na MotoGP / 500cc (2000 - 2003) / 1 vitória na 250cc (1999) / 1 vitória na 125cc (1997) / Valentino só não ganhou no Rio de Janeiro em 2004, devido a um acidente na oitava volta

VÍDEO: Top 5 corridas mais geniais de pilotos na F1, por Felipe Motta

 

compartilhar
comentários
GP da Alemanha da MotoGP é adiado por pandemia da Covid-19

Artigo anterior

GP da Alemanha da MotoGP é adiado por pandemia da Covid-19

Próximo artigo

MotoGP: Rins renova com Suzuki por mais duas temporadas

MotoGP: Rins renova com Suzuki por mais duas temporadas
Carregar comentários