MotoGP: Gresini anuncia oficialmente Márquez para 2024; veja como está o mercado para o ano que vem

Marc será companheiro de equipe de seu irmão Alex no próximo ano

Marc Marquez, Equipe Repsol Honda

Marc Marquez, Equipe Repsol Honda

Gold and Goose / Motorsport Images

Agora é oficial! A Gresini anunciou oficialmente a chegada de Marc Márquez a equipe na temporada 2024 da MotoGP depois da saída do espanhol da Honda - no fim deste ano - ter sido confirmada.

Leia também:

Na semana passada, a Honda anunciou que ela e Márquez tinham chegado a um acordo para colocar um fim no relacionamento de mais de dez anos entre eles, apesar do multicampeão mundial tivesse contrato para a próxima temporada.

O espanhol, que conquistou todos os seus títulos da categoria 'rainha' com a Honda, tendo passado os últimos 11 anos com a marca japonesa, já vinha sendo ligado à uma possível mudança para a Gresini há um certo tempo.

 

Os esforços da Honda para manter Márquez, que incluíram um processo de recrutamento para atrair talentos europeus da engenharia para ajudar a melhorar sua moto, acabaram não dando em nada.

O anúncio da HRC praticamente abriu caminho para a mudança de Márquez para a Gresini, embora a equipe satélite da Ducati tenha permanecido em silêncio até esta quinta-feira, quando confirmou formalmente a contratação do espanhol.

"Este é um momento histórico para a Família Gresini", disse a chefe de equipe Nadia Padovani. "O fato de Marc Márquez ter escolhido correr conosco na próxima temporada é absolutamente fantástico e estou extremamente feliz por poder tornar isso oficial."

"Em menos de uma temporada, ficamos muito próximos de seu irmão e daremos as mesmas boas-vindas a Marc, pois temos certeza de que ele tem todo o potencial para ser competitivo na GP23 desde o início."

"Por último, mas não menos importante, gostaria de agradecer a Fabio Di Giannantonio por seu profissionalismo e desejamos a ele tudo de bom para a continuação de sua carreira."

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Marc Marquez, Equipe Repsol Honda

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

O anúncio da Gresini sempre foi pensado para coincidir com o GP da Indonésia deste fim de semana, já que a equipe tem patrocinadores do país. A equipe queria que Márquez assinasse por dois anos, mas ele queria um vínculo de um ano para manter suas opções em aberto para a temporada de 2025, quando a maioria dos assentos de fábrica estará disponível.

É por isso que Márquez não poderá levar nenhum membro de sua atual equipe Honda com ele, e a Ducati teme que os engenheiros rivais possam sair em 2025 e levar seus segredos com eles.

Márquez se reunirá com seu irmão mais novo, Alex, na Gresini no próximo ano com Ducatis de 2023, depois de terem sido brevemente companheiros de equipe em 2020, antes de o primeiro ser forçado a ficar de fora de toda a temporada com uma grave lesão no braço. Alex Márquez fez uma mudança semelhante da Honda para a Gresini Ducati este ano e conquistou um pódio no GP da Argentina, antes de conquistar uma vitória no GP da Inglaterra.

Na terça-feira, o Motorsport.com revelou que Miguel Oliveira, da RNF Aprilia, está no topo da lista da Honda para substituir Márquez na equipe de fábrica no próximo ano.

O cinco vezes vencedor de corrida tem contrato com a Aprilia até 2024, mas acredita-se que ele tenha uma cláusula em seu contrato que estipula que ele pode sair antes disso se uma equipe de fábrica lhe oferecer um acordo.

No entanto, a Aprilia refutou essa informação, enquanto Oliveira insiste que não houve nenhuma abordagem da HRC.

Veja como está o mercado da MotoGP para 2024

Equipe Construtor Moto No. Piloto
Italy Aprilia  Aprilia RS-GP 12 Spain Maverick Viñales
41 Spain Aleix Espargaró
Malaysia RNF 25 Spain Raúl Fernández
88 Portugal Miguel Oliveira*
Italy Ducati Ducati Desmosedici 23 Italy Enea Bastianini
63 Italy Francesco Bagnaia
Italy Gresini 73 Spain Álex Márquez
93 Spain Marc Márquez
Italy VR46 10 Italy Luca Marini
72 Italy Marco Bezzecchi
Italy Pramac 21 Italy Franco Morbidelli
89 Spain Jorge Martín
Monaco LCR 

Honda RC213V 5 France Johann Zarco
30 Japan Takaaki Nakagami
Japan Honda  36 Spain Joan Mir
?  
France GasGas Tech3 KTM RC16 37 Spain Augusto Fernández
? Spain Pedro Acosta
Austria KTM  33 South Africa Brad Binder
43 Australia Jack Miller
Japan Yamaha Yamaha YZR-M1 20 France Fabio Quartararo
42 Spain Álex Rins

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior GP da Indonésia de MotoGP: Horários e como assistir à etapa de Mandalika
Próximo artigo MotoGP: Aleix Espargaró lidera dobradinha da Aprilia na sexta-feira do GP da Indonésia; Bagnaia disputa Q1 no sábado

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil