MotoGP: Márquez segura investida de Oliveira e vence o GP da Alemanha, chegando a 11 vitórias consecutivas no Sachsenring

Bandeira de chuva foi acionada na nona volta, mas condições se mantiveram a ponto de ninguém trocar de moto

MotoGP: Márquez segura investida de Oliveira e vence o GP da Alemanha, chegando a 11 vitórias consecutivas no Sachsenring

Neste domingo, a MotoGP realizou a oitava etapa da temporada 2021, o GP da Alemanha. E em uma prova movimentada, marcada pela presença da chuva no meio da corrida, mas sem a necessidade de nenhum piloto trocar de moto, Marc Márquez aproveitou o bote na largada para se manter na liderança e vencer pela primeira vez em 2021, chegando a 11 triunfos consecutivos no Sachsenring.

No sábado, Johann Zarco quebrou a sequência de cinco poles consecutivas de Fabio Quartararo, conquistando a sua primeira no ano, logo antes de sofrer uma queda forte. Mas líder e vice-líder do Mundial largaram lado a lado neste domingo, com o francês da Yamaha em segundo e Aleix Espargaró surpreendendo com a Aprilia na primeira fila.

Leia também:

Johann Zarco e Fabio Quartararo tiveram uma largada um pouco mais lenta, abrindo espaço para a liderança de Aleix Espargaró, com Marc Márquez em segundo.

O hexacampeão e o piloto da Aprilia protagonizaram uma boa disputa pela primeira posição nas voltas seguintes, com Zarco se unindo ao grupo enquanto o francês da Yamaha caía para quinto, perdendo posição para Jack Miller.

Ao final da terceira volta, Márquez liderava e conseguia abrir 0s2 de vantagem para Espargaró, com Zarco buscando pressionar o piloto da Aprilia, enquanto Miller vinha à frente de Miguel Oliveira, que também conseguiu passar Quartararo.

Nas voltas seguintes, tivemos os primeiros incidentes da corrida: Danilo Petrucci e Álex Márquez se envolveram em uma queda dupla, indo parar na brita juntos, enquanto Lorenzo Savadori também caiu na volta seguinte.

Bikes of Danilo Petrucci, KTM Tech3 and Alex Marquez, Team LCR Honda after a crash

Bikes of Danilo Petrucci, KTM Tech3 and Alex Marquez, Team LCR Honda after a crash

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Na volta oito, Miller passou Zarco e assumiu a terceira posição, iniciando uma caça a Espargaró, que buscava reduzir a diferença para Márquez.

A direção de prova confirmou a aproximação de chuva na nona volta, acionando a bandeira branca, que libera os pilotos a trocarem de motos. Neste momento, Espargaró caía na classificação, perdendo posições para Miller e Oliveira, enquanto Zarco despencava para sexto, sendo ultrapassado também por Quartararo.

Na volta 11, a bandeira de chuva começou a ser agitada, no momento em que Márquez abria quase 2s de vantagem para Miller, que enfrentava uma disputa própria com Oliveira, que colocou a KTM em segundo ao ultrapassar o piloto da Ducati na descida do morro.

 

Na metade da corrida, Márquez seguia na liderança, com uma vantagem para Oliveira que variava entre 1s8 e 2. Atrás do piloto da KTM vinha Miller, Espargaró e Quartararo fechando o top 5, enquanto Zarco era o quinto, Joan Mir o oitavo e as outras Yamahas no fundo, com Valentino Rossi em 14º, Maverick Viñales em 18º e Franco Morbidelli em 19º e último.

A dez voltas do fim, Márquez seguia na ponta, mas a diferença para Oliveira havia caído para 1s4, enquanto Quartararo já havia chegado ao pódio com a terceira posição, superando Miller e Espargaró, em um top 5 com cinco montadoras diferentes. Zarco caiu para sétimo, perdendo ainda para Brad Binder e já sofrendo pressão de Joan Mír.

Enquanto Márquez e Oliveira estavam em uma disputa própria, do terceiro colocado para baixo, todos os pilotos estavam bem próximos. Na volta 25 de 30, o espanhol da Honda tinha apenas um segundo de vantagem para o português. Já Quartararo, em terceiro, ficava mais distante, a mais de 4s.

No final, Marc Márquez conseguiu segurar as investidas de Miguel Oliveira, abrindo mais um pouco de vantagem no final para vencer a primeira de 2021 e quebrar um jejum que vinha desde novembro de 2019, quando triunfou no GP de Valência.

Com isso, Márquez chega a uma sequência impressionante de 11 vitórias consecutivas no Sachsenring, sendo uma nas 125cc (2010), duas na Moto2 (2011 e 2012) e oito na MotoGP (2013 a 2019 e 2021 - 2020 foi cancelada por conta da pandemia).

Em boa fase com a KTM, Miguel Oliveira chega em segundo após a vitória na última etapa, na Catalunha, enquanto o líder Fabio Quartararo conseguiu recuperar a performance na corrida para completar o pódio e aumentar a vantagem no Mundial, aproveitando as corridas abaixo do esperado da Ducati.

Completaram o top 10: Brad Binder, Jack Miller, Francesco Bagnaia, Aleix Espargaró, Johann Zarco, Joan Mír e Pol Espargaró, enquanto Valentino Rossi foi o 14º, Franco Morbidelli o 18º e Maverick Viñales o 19º.

A MotoGP retoma a temporada 2021 já na próxima semana, com o retorno do GP da Holanda, nona etapa do ano. No Motorsport.com você acompanha a cobertura completa do fim de semana.

Regi Leme passa mal e deixa transmissão da Band ao vivo; entenda o que aconteceu!

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #112 – TELEMETRIA: A volta da F1 a um circuito ‘normal’ com Rico Penteado

 

compartilhar
comentários
MotoGP - Márquez: "Não tenho como pensar em vitória na Alemanha"

Artigo anterior

MotoGP - Márquez: "Não tenho como pensar em vitória na Alemanha"

Próximo artigo

MotoGP: Quartararo aumenta vantagem na liderança e Márquez sobe com vitória; confira classificação após o GP da Alemanha

MotoGP: Quartararo aumenta vantagem na liderança e Márquez sobe com vitória; confira classificação após o GP da Alemanha
Carregar comentários