MotoGP GP da Indonésia

MotoGP: Martin cai, Bagnaia vence na Indonésia e reassume liderança

Jorge Martin, que largou como líder do campeonato, caiu quando era o primeiro colocado com mais de dois segundos de vantagem para a concorrência

Francesco Bagnaia, Ducati Team

Uma corrida digna de um campeão. Assim podemos resumir a vitória de Francesco ‘Pecco’ Bagnaia no GP da Indonésia de MotoGP, realizado neste domingo (15), no circuito de Mandalika. O atual campeão da categoria escalou da 13ª colocação para a vitória.

Sobrou competência para ser o primeiro piloto desde Marco Melandri, na Turquia em 2006, a vencer largando fora das quatro filas iniciais, mas também teve aquela pitada de sorte: Jorge Martin sofreu uma queda enquanto era líder e abriu caminho para o italiano vencer e retomar a dianteira do campeonato, agora com 18 pontos de vantagem.

Maverick Viñales esteve perto de se tornar o primeiro piloto a vencer por três marcas diferentes na MotoGP, mas teve de se contentar com o segundo lugar, com Fabio Quartararo completando o pódio.

Fabio Di Giannantonio terminou na quarta colocação, à frente de Brad Binder, que tomou duas punições de volta longa na corrida após tocar com Luca Marini e Miguel Oliveira. Marco Bezzecchi, que operou a clavícula no início da semana, conseguiu uma boa sexta colocação. Jack Miller, Enea Bastianini (que caiu no começo da corrida), Alex Rins e Aleix Espargaró completaram o Top 10.

O que aconteceu na prova?

Jorge Martin fez uma largada muito boa, saindo da sexta colocação para a dianteira antes mesmo da primeira curva, com Maverick Viñales conseguindo o acompanhar. “Mesma receita” seguida por Pecco Bagnaia, que conseguiu saltar da 13ª para a sexta colocação no meio da primeira volta.

Logo no início da segunda volta, Brad Binder tentou ultrapassar Luca Marini, que estava no meio do pelotão após não ter largado bem. O italiano, que tinha uma volta longa a cumprir, tentou fechar a porta, mas acabou caindo após um toque entre ambos.

Se Bagnaia tinha muitas dificuldades em escalar o grid na corrida Sprint, o mesmo não foi visto na prova principal. Logo na volta 3, ele superou Fabio Quartararo e assumia a terceira colocação, mas estava bem distante de Martin e Viñales, que abriam na frente. Quartararo, na volta seguinte, despencava, perdendo posição também para Aleix Espargaró e Brad Binder – que recebeu uma volta longa como punição pelo toque com Marini no giro posterior.

Então líder do campeonato, Martin começou a abrir vantagem para Viñales e tinha 1s6 de frente na volta 6, enquanto Bagnaia estava 1s5 atrás do segundo colocado, mas sua preocupação no momento era com Aleix Espargaró, que andou colado com o atual campeão.

Na volta 8, uma cena que tem se tornado corriqueira na MotoGP, sobretudo nesse ano: Marc Marquez sofreu mais uma queda, assim como foi na sprint. Essa foi a 22ª vez que o espanhol multicampeão foi ao chão na temporada.

Martin vinha fazendo uma corrida espetacular, sem sofrer pressão de Viñales e com boa vantagem, mas viu sua boa exibição acabar por uma erro dele. O espanhol, então líder do campeonato, caiu sozinho na curva 11 e deixou a faca e o queijo na mão de Bagnaia.

Para completar o drama da equipe Pramac, logo na sequência, Johann Zarco também caiu – Joan Mir e Augusto Fernandez foram ao chão voltas antes.

Na volta 17, Bagnaia baixou pela primeira vez para menos de um segundo a vantagem de Viñales. Ao mesmo tempo, Fabio Di Giannantonio superava Marco Bezzecchi para assumir o quinto lugar da corrida. Nessa altura, Aleix Espargaró despencava e aparecia na oitava colocação, sendo superado por Brad Binder, que cumprira duas voltas longas, após ter tocado com Miguel Oliveira.

Na 20ª volta da corrida, Bagnaia, que largara de 13º, assumia a ponta com uma manobra de almanaque: enquadrou Viñales e foi para a liderança na corrida, abrindo seis décimos ao completar o giro.

Quem chegou forte no final de prova foi Quartararo, que começou a virar mais rápido do que Bagnaia e Viñales, entrando de vez na luta pela vitória. Enquanto o francês brigava com Viñales, ele deu um refresco para o atual campeão por algum tempo. Foi o suficiente para que Bagnaia cruzasse na primeira colocação, com Viñales e Quartararo completando o pódio.

Cla Piloto # Voltas Tempo Intervalo km/h Pontos
1 ItalyF. BAGNAIADucati Team 1 27 41'20.293   168.5 25
2 SpainM. VIÑALESAprilia Racing Team Gresini 12 27 +0.306 0.306 168.5 20
3 FranceF. QUARTARAROMovistar Yamaha MotoGP 20 27 +0.433 0.127 168.5 16
4 ItalyF. DI GIANNANTONIOGresini Racing 49 27 +6.962 6.529 168.0 13
5 ItalyM. BEZZECCHITeam VR46 72 27 +11.111 4.149 167.7 11
6 South AfricaB. BINDERRed Bull KTM Factory Racing (MXGP) 33 27 +11.228 0.117 167.7 10
7 AustraliaJ. MILLERRed Bull KTM Factory Racing (MXGP) 43 27 +12.474 1.246 167.7 9
8 ItalyE. BASTIANINIDucati Team 23 27 +12.684 0.210 167.6 8
9 SpainA. RINSLCR Honda 42 27 +22.540 9.856 167.0 7
10 SpainA. ESPARGAROAprilia Racing Team Gresini 41 27 +30.468 7.928 166.5 6
11 JapanT. NAKAGAMILCR Honda 30 27 +30.823 0.355 166.4 5
12 PortugalM. OLIVEIRARNF Racing 88 27 +36.639 5.816 166.0 4
13 SpainR. FERNANDEZRNF Racing 25 27 +42.864 6.225 165.6 3
14 ItalyF. MORBIDELLIMovistar Yamaha MotoGP 21 23 +4 Laps 4 Laps 141.2 2
dnf FranceJ. ZARCOAlma Pramac Racing 5 14 +13 Laps 9 Laps 163.9  
dnf SpainJ. MARTINAlma Pramac Racing 89 12 +15 Laps 2 Laps 168.6  
dnf SpainJ. MIRRepsol Honda Team 36 11 +16 Laps 1 Lap 166.7  
dnf SpainA. FERNANDEZTech 3 37 11 +16 Laps 6.906 165.5  
dnf SpainM. MARQUEZRepsol Honda Team 93 7 +20 Laps 4 Laps 165.8  
dnf ItalyL. MARINITeam VR46 10 4 +23 Laps 3 Laps 116.5  
dnf SpainP. ESPARGAROTech 3 44 1 +26 Laps 3 Laps 155.9

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Bagnaia insiste que Ducati “nunca terá” ordens de equipe
Próximo artigo MotoGP: Após vitória, Bagnaia ‘respira’ na liderança; veja tabela

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil